Alemanha pode enfrentar um déficit de energia nos próximos anos devido à crise no abastecimento

De acordo com a pesquisa da consultoria McKinsey, Berlim pode enfrentar uma situação delicada de déficit de energia até 2025

www.brasil247.com - Tubos do gasoduto de Nord Stream 1, em Lubmin, Alemanha 08/03/2022 Tubos do gasoduto de Nord Stream 1, em Lubmin, Alemanha 08/03/2022 (Foto: REUTERS/Hannibal Hanschke//File Photo)

Sputnik – De acordo com a pesquisa da consultoria McKinsey, Berlim pode enfrentar uma situação delicada de déficit de energia até 2025 devido à crise que assola a Europa, em grande medida, em função das sanções da União Europeia (UE) à energia russa como desdobramento do conflito ucraniano.

O estudo divulgado pelo jornal alemão Welt am Sonntag garante que a Alemanha em breve não vai conseguir atender sua demanda de eletricidade com recursos próprios nos períodos de maior demanda de energia.

“O consumo de eletricidade está crescendo, mas as usinas de energia confiáveis ​​estão sendo gradualmente desligadas. A Alemanha, portanto, em breve não será mais capaz de cobrir os picos de carga por conta própria”, observa a publicação, citando o estudo.

Segundo as projeções, já em 2025 existe ameaça de déficit no fornecimento de energia elétrica da ordem de quatro gigawatts e deve continuar aumentando para 30 gigawatts até 2030, o equivalente à ausência de cerca de 30 grandes usinas termelétricas. É por isso que deve haver pouco menos de 100 interrupções de energia até 2030, com a fase mais longa provavelmente com 21 horas de duração.

Além disso, a Agência Federal de Redes da Alemanha publicou um relatório sobre a segurança do fornecimento de eletricidade no país, que foi aprovado pelo Gabinete no final de janeiro. O documento afirma que o fornecimento de energia vai permanecer confiável, apesar da eliminação gradual da energia nuclear e de carvão.

A Alemanha, a certa altura, considerou eliminar toda a sua energia nuclear até 2022, razão pela qual três de suas seis usinas nucleares foram desligadas no início do ano passado. Nesse sentido, em novembro, o Bundestag (parlamento alemão) aprovou a continuação da operação de três usinas nucleares no país — Isar-2, Neckarwestheim-2 e Emsland — apenas até 15 de abril de 2023.

Fonte: https://www.brasil247.com/mundo/alemanha-pode-enfrentar-um-deficit-de-energia-nos-proximos-anos-devido-a-crise-no-abastecimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × 4 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.