Balanço: O saldo de 2020 é extremamente negativo para o Brasil
24 de dezembro de 2020
China reitera apoio à Argentina na questão das Ilhas Malvinas
25 de dezembro de 2020

China rotula EUA de ‘império de hackear’ após ser acusada de querer ‘espionar’ no Pacífico

Instalação de cabo submarino de fibra ótica

© AP Photo / Ariana Cubillos

Ásia e Oceania

12:29 24.12.2020URL curta

0 50

Nos siga no

Pequim classificou como “calúnia pura” as alegações feitas por dois senadores dos EUA, Marco Rubio e Ted Cruz, sobre China estar buscando utilizar projeto multimilionário de instalação de cabo submarino no Pacífico para “espionagem”.

Respondendo nesta quarta-feira (23) a uma pergunta em coletiva de imprensa, Zhao Lijian, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, criticou as acusações dos políticos norte-americanos.

“Os senadores que você mencionou vão se opor a qualquer coisa que a China faça. Eles estão sempre inventando mentiras para difamar a China a fim de buscar ganhos políticos. Suas alegações são pura calúnia destinada a justificar a supressão arbitrária por parte dos EUA de empresas chinesas de alta tecnologia”, declarou o porta-voz da chancelaria chinesa.

Zhao Lijian acrescentou que o governo da China incentivou as empresas nacionais a procurarem uma cooperação de investimento no exterior com base nos “princípios de mercado, normas internacionais e leis do país anfitrião”.

Ao mesmo tempo, Pequim acusou de volta Washington de espionar, enfatizando os esforços de vigilância global dos EUA e mencionando o programa PRISM da Agência de Segurança Nacional dos EUA, revelado por Edward Snowden.

“São os EUA que vêm conduzindo roubos cibernéticos em todo o mundo, mesmo em seus aliados, desde que o PRISM foi lançado. É um verdadeiro império de hackear e roubo. O mundo pode ver [isto] através do truque dos EUA de difamar os outros e embelezar a si próprios”, disse o diplomata chinês.

A dura reação da China surgiu após uma notícia da Reuters alegando que os senadores republicanos Marco Rubio e Ted Cruz escreveram uma carta para advertir um aliado dos EUA no Pacífico – os Estados Federados da Micronésia – do papel de Pequim no Projeto de Conectividade Kiribati, e instando as autoridades a rejeitá-lo.

Fonte: https://br.sputniknews.com/asia_oceania/2020122416674685-china-rotula-eua-de-imperio-de-hackear-apos-ser-acusada-de-querer-espionar-no-pacifico/

Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 − três =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.