Conflito entre Israel e palestinos: como os 2 lados reivindicam vitória após cessar-fogo
22 de maio de 2021
Multado no Maranhão, Bolsonaro convoca para nova aglomeração no Rio de Janeiro
22 de maio de 2021

Conferência da UNITA termina em pancadaria e arruaça

Conferência da UNITA termina em pancadaria e arruaça

Dirigente da JURA, do secretariado municipal e outros militantes do partido protagonizaram uma série de pancadarias, no interior de uma unidade hoteleira, nos arredores de Viana, com arremesso de cadeiras e outros objectos que poderiam causar ferimentos e lesões graves

Um grupo de militantes da UNITA, em Viana, constituído pelo secretário municipal da JURA, Salvio Nhany, o secretário local Interino, Bila Filipe e pelo ex-secretário municipal, Daniel Jaul, entraram em sessão de espancamento e troca de acusações no interior do Hotel Luisão, nos arredores da Vila, sede daquele município da província de Luanda. Tudo começou quando o ex-secretário local do partido, Daniel Jaul, exonerado das funções há cerca de um mês, organizou uma conferência de imprensa na qual proferia uma série de acusações e injustiça que vem sofrendo por altos dirigentes da organização.

Na sua explanação aos jornalistas, o político disse que foi exonerado das funções injustamente e que vem sofrendo uma série de injustiças por parte da actual liderança da organização. Porém, enquanto decorria a conferência de imprensa, um grupo de militantes do partido, liderado pelo secretário municipal interino, Bila Filipe e o dirigente da JURA, Salvio Nhany, invadiu a sala, tendo na ocasião, protagonizado uma série de pancadarias, com arremesso de cadeiras e outros objectos que poderiam causar ferimentos.

Durante a acção agressiva, o pior não aconteceu devido à intervenção dos agentes da Policia Nacional que, de imediato, retirou Daniel Jaul do local, tendo o escoltado para fora da unidade hoteleira. Em declaração à imprensa, Salvio Nhnay disse que Daniel Jaul foi destituído do cargo como secretário da UNITA naquele município há um mês por ter desviado fundos do partido para benefícios pessoais. Segundo o político, Daniel Jaul teve uma gestão danosa, repleta de desvios e uso desregrado do património, situação que contou para a sua exoneração.

Fonte: https://opais.co.ao/index.php/2021/05/21/conferencia-da-unita-termina-em-pancadaria-e-arruaca/

Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − 2 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.