Moscou responde ao apelo dos EUA que a Rússia deve ‘ir embora’ do Oriente Médio
5 de junho de 2020
Velha política: Bolsonaro já entregou 325 cargos ao Centrão
6 de junho de 2020

‘Está ficando mais forte’: mídia dos EUA avalia crescente poderio da Frota do Pacífico da Rússia

 

 

 

Navios da Marinha russa ensaiando a parada por ocasião do Dia da Marinha da Rússia.

© Sputnik / Aleksandr Galperin

Defesa

08:00 04.06.2020(atualizado 08:01 04.06.2020) URL curta

7540

Nos siga no

Nos últimos meses a Marinha da Rússia se empenhou seriamente em reforçar e, o que é mais importante, em modernizar suas frotas, aponta revista The National Interest.

Durante este tempo a Rússia tem feito grandes progressos na modernização de sua Frota do Pacífico, que receberá 15 novos navios de guerra e embarcações de reabastecimento que irão operar no Extremo Oriente até o final de 2020, aponta edição americana.

Da União Soviética a Rússia herdou uma enorme e moderna frota de navios de superfície e submarinos, incluindo a Frota do Pacífico, que no início da década de 1990 estava no apogeu do seu poderio, tendo em serviço centenas de navios de guerra, pequenas embarcações e submarinos, com uma área de atuação que se estendia aos oceanos Pacífico e Índico.

Submarino nuclear russo Vladimir Monomakh de classe Borei

© Sputnik / Ildus Gilyazutdinov

Submarino nuclear russo Vladimir Monomakh de classe Borei

Até o fim de 2020 mais 15 novos navios militares e de abastecimento vão integrar a Frota do Pacífico, entre eles a corveta Gremyaschy, do projeto 20385, e o submarino diesel-elétrico Petropavlovsk-Kamchatsky, do projeto 636.3, que deve chegar à costa oriental russa até o final de 2020, entre outros.

A edição dos EUA dedica uma atenção especial à nova corveta russa Gromky do projeto 20380, com a primeira unidade a ter entrado em serviço no fim de 2018.

Chegada da corveta Gromky a Vladivostok, Rússia, 31 de agosto de 2018

© Sputnik / Vitaly Ankov

Chegada da corveta Gromky a Vladivostok, Rússia, 31 de agosto de 2018

Os navios desse projeto são destinados a operações na zona marítima próxima, combate contra navios de superfície e submarinos inimigos e apoio de artilharia a forças de assalto anfíbias.

Além disso, esta corveta pode operar em praticamente todas as zonas do oceano. A Marinha russa planeja receber um total de 13 navios desta classe até 2021, escreve The National Interest.

Por fim, o artigo ressalta que as reformas militares da Rússia já alcançaram grandes progressos e avanços com as frotas do mar Negro e do Báltico, apontando ainda que vários submarinos e navios de guerra foram entregues à Frota do Norte.

Fonte: https://br.sputniknews.com/defesa/2020060415658261-esta-ficando-mais-forte-midia-dos-eua-avalia-crescente-poderio-da-frota-do-pacifico-da-russia/

Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

16 + nove =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.