EUA, Japão e Coreia do Sul pretendem compartilhar dados de alerta de mísseis da Coreia do Norte

José Reinaldo

Os três aliados reagem ao fortalecimento nuclear da Coreia do Norte

(Foto: Reuters)

Sputnik – Os Estados Unidos, o Japão e a Coreia do Sul pretendem compartilhar dados de alerta de mísseis norte-coreanos antes do final de 2023, disseram os três países em um comunicado após uma reunião neste sábado (3) de seus chefes de Defesa em Cingapura.

Os três lados “reconheceram esforços trilaterais para ativar um mecanismo de compartilhamento de dados para trocar dados de alerta de mísseis em tempo real antes do final do ano, a fim de melhorar a capacidade de cada país para detectar e avaliar mísseis lançados” pela Coreia do Norte, diz o comunicado.

O anúncio se seguiu a uma tentativa fracassada da Coreia do Norte de lançar um satélite espião na quarta-feira (31), que caiu no mar após uma falha do foguete.

Os militares da Coreia do Sul disseram que conseguiram localizar e salvar uma parte dos restos suspeitos. Seul, Tóquio e Washington criticaram o lançamento, que, segundo eles, violou uma série de resoluções da ONU impedindo Pyongyang de qualquer teste usando tecnologia de mísseis balísticos.

Pyongyang dobrou o desenvolvimento militar desde que os esforços diplomáticos entraram em colapso em 2019, realizando uma série de testes de armas proibidas, incluindo testes de vários mísseis balísticos intercontinentais.

O líder norte-coreano Kim Jong-un declarou no ano passado seu país como uma potência nuclear “irreversível” e apelou a um aumento “exponencial” na produção de armas, incluindo armas nucleares táticas.

Fonte:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 3 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.