Cuidado com a reforma da previdência, veja onde você está se metendo
10 de junho de 2019
‘Moro foi corrupto’, diz desembargador que preside a Academia Paulista de Direito
10 de junho de 2019
JacintoPereira.com

Lula em missa em homenagem à sua esposa falecida, Marisa Letícia, na cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo.

© AP Photo / Nelson Antoine

Brasil

21:45 10.06.2019(atualizado 22:03 10.06.2019) URL curta

5122

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, liberou nesta segunda-feira (10) o pedido de liberdade do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para julgamento do plenário.

Segundo informações do portal G1, da TV Globo, a expectativa é que o habeas corpus seja analisado já nesta terça-feira (11) ou próximo dia 25 de junho pela Segunda Turma.

Bandeira do Brasil em frente de colunas do edifício do Supremo Tribunal Federal em Brasília, Brasil (foto de arquivo)

© AFP 2019 / EVARISTO SA

Participação do STF no pacto dos três poderes ‘pegou mal’ no Judiciário

O pedido foi apresentado pela defesa de Lula no ano passado, quando Moro aceitou o convite do então presidente eleito Jair Bolsonaro para comandar o Ministério da Justiça.

O habeas corpus já havia entrado na pauta do plenário do Supremo no ano passado, quando recebeu dois votos contrários a concessão da liberdade a Lula. Gilmar Mendes pediu vista para ter mais tempo para analisar o caso.

Segundo interlocutores ouvidos pelo portal, a divulgação de conversas de Moro pelo site “Intercept”, nas quais ele supostamente orienta investigações da Lava Jato, pesou para que o processo fosse liberado neste momento.

Lula está preso desde abril do ano passado na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).

Fonte: https://br.sputniknews.com/brasil/2019061014039736-gilmar-mendes-libera-para-julgamento-pedido-de-liberdade-de-lula/


JacintoPereira.com
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.