Kremlin: hoje de madrugada o regime de Kiev tentou atacar com drones residência do presidente russo

O Kremlin de Moscou - Sputnik Brasil, 1920, 03.05.2023

© Sputnik / Aleksei Druzhinin/Anton Denisov /

/

Acessar o banco de imagens

O presidente russo Vladimir Putin não sofreu quaisquer ferimentos na sequência do ataque de drones de Kiev à residência presidencial do Kremlin, informa o serviço de imprensa do Kremlin.

O serviço de imprensa relatou que na madrugada desta quarta-feira (3) o regime de Kiev realizou uma tentativa de atacar a residência do Kremlin do presidente russo Vladimir Putin usando dois drones.

“Na sequência deste ato terrorista o presidente da Federação da Rússia não foi ferido. O horário de seu trabalho não sofreu alterações, continua de modo normal”, aponta o comunicado.

Dois veículos aéreos não tripulados tinham Kremlin como alvo. Como resultado das ações tomadas atempadamente pelos serviços militares e especiais [russos], como uso de um sistema de radar, os aparelhos [drones] foram desativados“, explica o comunicado.\

Sputnik Brasil

Sputnik Brasil

⚡️⚡️ Kremlin: hoje de madrugada o regime de Kiev tentou atacar com drones residência do presidente russo em Moscou Siga a @sputnikbrasil para acompanhar todas as notícias envolvendo as tensões na Ucrânia

0:09

0:09

⚡️ Ucrânia tenta atacar Kremlin com 2 drones
Todavia, ambos os drones foram interceptados.
Vídeos que supostamente mostram o momento do ataque e a fumaça viralizam nas redes sociais.
Siga a @sputnikbrasil para acompanhar todas as notícias envolvendo as tensões na Ucrânia

t.me/SputnikBrasil/27100

7.3

“A queda [dos drones] e a dispersão de fragmentos no território do Kremlin não ocasionaram vítimas nem danos materiais”, acrescenta o serviço de imprensa do Kremlin.

O porta-voz do presidente russo Dmitry Peskov disse à Sputnik que, no momento da tentativa do ataque dos drones ucranianos, o presidente russo não estava no Kremlin.

Ele informou também que são mantidos os planos para realizar a Parada Militar de 9 de Maio na Praça Vermelha, em Moscou.

Por sua vez, o prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, declarou que a partir desta quarta-feira (3) em Moscou está proibido o lançamento de veículos aéreos não tripulados, não se enquadrando nesta proibição os drones usados por decisão das autoridades estatais.

O assessor do chefe do gabinete do presidente ucraniano, Mikhail Podolyak, afirma que Kiev não tem nada a ver com ataque de drones ao Kremlin, relata a AFP. O porta-voz de Zelensky, Sergei Nikiforov, também negou o envolvimento da Ucrânia no ataque.

Fonte: https://sputniknewsbrasil.com.br/20230503/kremlin-hoje-de-madrugada-o-regime-de-kiev-tentou-atacar-com-drone-residencia-do-presidente-28689245.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + dezenove =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.