As percepções de Biden sobre Ucrânia e segurança com a Rússia
22 de janeiro de 2022
Ucrânia recebe 1º lote de ajuda militar de US$ 200 milhões dos EUA
23 de janeiro de 2022

Londres acusa Moscou de querer instalar governo pró-Rússia na Ucrânia

Reino Unido, no entanto, não apresentou nenhuma evidência da acusação

23 de janeiro de 2022, 06:38 h Atualizado em 23 de janeiro de 2022, 06:38

www.brasil247.com - (Foto: Reuters)

LONDRES, 22 Jan (Reuters) – O Reino Unido acusou neste sábado o Kremlin de tentar instalar um líder pró-Rússia na Ucrânia e disse que oficiais de inteligência russos estiveram em contato com vários ex-políticos ucranianos como parte dos planos de uma invasão.

O Ministério das Relações Exteriores britânico se recusou a fornecer evidências para apoiar suas acusações, que ocorreram em um momento de altas tensões entre a Rússia e o Ocidente devido ao acúmulo de tropas russas perto de sua fronteira com a Ucrânia. Moscou insistiu que não tem planos de invasão.

O ministério britânico disse ter informações de que o governo russo está considerando o ex-deputado ucraniano Yevhen Murayev como um potencial candidato para liderar uma liderança pró-Rússia.

“Não vamos tolerar a conspiração do Kremlin para instalar uma liderança pró-Rússia na Ucrânia”, disse a secretária de Relações Exteriores britânica, Liz Truss, no Twitter. “O Kremlin sabe que uma incursão militar seria um grande erro estratégico e o Reino Unido e nossos parceiros imporiam um custo severo à Rússia”.

A declaração britânica foi divulgada nas primeiras horas de domingo, horário de Moscou e Kiev, e não houve declaração imediata do Kremlin ou de Murayev.

Fonte: https://www.brasil247.com/mundo/londres-acusa-moscou-de-querer-instalar-governo-pro-russia-na-ucrania

Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 5 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.