Força Aérea norte-americana teme que EUA ‘percam rapidamente’ possível conflito com a China
12 de março de 2021
Parlamento chinês conclui trabalhos da sessão anual
12 de março de 2021

Manhã com Sputnik Brasil: destaques desta sexta-feira, 12 de março

Presidente dos EUA, Joe Biden, discursa sobre o combate à pandemia de COVID-19, na Casa Branca, Washington, EUA, 11 de março de 2021

© REUTERS / Tom Brenner

Hoje atualizado

06:00 12.03.2021(atualizado 06:20 12.03.2021) URL curta

0 180

Nos siga no

Bom dia! A Sputnik Brasil está de olho nas principais notícias desta sexta-feira (12), na qual o Brasil poderá comprar doses da vacina russa Sputnik V, Biden aprova “auxílio emergencial” de cerca de US$ 1.4 mil para norte-americanos e China multa gigantes da Internet por monopólio.

Com apenas 3% da população global, Brasil acumula 10% das mortes mundiais por COVID-19

O Brasil vive o seu pior momento desde o início da pandemia, aponta a boletim quinzenal da Fiocruz. De acordo com a fundação, com apenas 3% da população global, o Brasil acumula 10% das mortes mundiais por COVID-19. O estado de São Paulo passa por momento difícil, com 53 cidades registrando 100% de ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O governo do estado proibiu atividades religiosas coletivas, eventos esportivos e impôs toque de recolher das 20h00 às 5h00 entre os dias 15 a 30 de março. O Brasil registrou mais 2.207 mortes e 78.297 casos de COVID-19, totalizando 273.124 e 11.284.269, informou consórcio ente secretaria estaduais de saúde e veículos de imprensa.

Enfermeira cuida de recém-nascido, após sua mãe ser diagnosticada com COVID-19, em Porto Alegre, 11 de março de 2021

© REUTERS / Diego Vara

Enfermeira cuida de recém-nascido, após sua mãe ser diagnosticada com COVID-19, em Porto Alegre, 11 de março de 2021

Nordeste vai mediar acordo entre Sputnik V e Ministério da Saúde

Nesta sexta-feira (12), o governador do estado da Bahia, Rui Costa (PT), vai mediar reunião entre o Fundo Russo de Investimentos Diretos (RFPI, na sigla em russo) e o Ministério da Saúde, para a aquisição de 39,6 milhões de doses da vacina contra a COVID-19 Sputnik V. Anteriormente, o Consórcio de Governadores do Nordeste havia anunciado a compra, mas teria pedido para que os governadores priorizassem a aquisição pelo governo federal, reportou o jornal O Globo.

“Concluímos agora a reunião com o ministro [da Saúde, general Eduardo Pazuello], ele disse que tem interesse, então solicitei que a gente fizesse reunião amanhã [sexta-feira, 12 de março], no primeiro horário, para amarrar isso”, disse Rui Costa. “Se o Ministério adquirir para o país inteiro, ótimo. Se não, a Bahia assina amanhã o contrato com a Sputnik.” O acordo prevê a entrega de 400 mil doses em março, 1.5 milhão em abril e dez milhões entre maio e julho.

Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (à esquerda), conversa com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello (à direita), em cerimônia no Palácio do Planalto, Brasília, 10 de março de 2021

© REUTERS / Ueslei Marcelino

Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro (à esquerda), conversa com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello (à direita), em cerimônia no Palácio do Planalto, Brasília, 10 de março de 2021

Biden sanciona pacote de US$ 1,9 trilhão para combate à COVID-19

Nesta quinta-feira (11), o presidente dos EUA, Joe Biden, sancionou pacote de estímulo e ajuda econômica para combater os efeitos da pandemia de COVID-19 de US$ 1,9 trilhão (cerca de R$ 10,5 trilhões). Segundo ele, cerca de 85% das famílias norte-americanas receberão auxílio financeiro em cheques em torno de US$ 1,4 mil (cerca de R$ 7,7 mil) por pessoa. Os demais recursos serão alocados na aquisição de vacinas, aceleração da campanha de imunização e na ajuda a instituições de ensino e empresas. O documento foi aprovado pelo Senado dos EUA com algumas mudanças, como a retirada do aumento do salário mínimo federal do texto.

Pessoas acompanham cerimônia em homenagem às vítimas da COVID-19 em hospital de Nova York, EUA, 11 de março de 2021

© REUTERS / Mike Segar

Pessoas acompanham cerimônia em homenagem às vítimas da COVID-19 em hospital de Nova York, EUA, 11 de março de 2021

Europa aprova uso da vacina da Johnson & Johnson contra a COVID-19

Nesta quinta-feira (11), a Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) aprovou o uso emergencial da vacina contra a COVID-19 desenvolvida pela farmacêutica Johnson & Johnson. Cerca de 200 milhões de doses da vacina devem ser fornecidas à União Europeia em 2021, com as primeiras entregas previstas para o mês de abril, informou a empresa em comunicado. O responsável pela campanha de vacinação francesa, Alain Fischer, comemorou a decisão, mas pediu cautela. A situação epidemiológica da França, especialmente da grande Paris, seria “extremamente preocupante”, reportou a AFP. “Podemos dizer que as novas variantes são mais contagiosas e perigosas. Elas já representam mais de dois terços das infecções [pelo novo coronavírus] na França”, alertou o ministro da Saúde francês, Olivier Véran.

Ministro da Saúde da França, Olivier Véran, durante conferência de imprensa em Paris, França, 11 de março de 2021

© REUTERS / Ludovic Marin

Ministro da Saúde da França, Olivier Véran, durante conferência de imprensa em Paris, França, 11 de março de 2021

China multa 12 empresas por comportamento monopolista

Nesta sexta-feira (12), a Administração Estatal para Regulação de Mercado da China (SAMR, na sigla em inglês), informou a imposição de multa a 12 empresas por comportamento monopolista. Dentre elas, gigantes de tecnologia como a Baidu, Tencent, Didi Chuxing e o SoftBank. O governo também estuda impor multa à plataforma de e-commerce Alibaba. A empresa é acusada de punir vendedores que optam por vender seus produtos em plataformas concorrentes. A China intensificou a fiscalização de gigantes da Internet nos últimos meses, citando preocupações sobre o comportamento monopolista e potenciais violações dos direitos do consumidor.

Fonte: https://br.sputniknews.com/hoje-atualizado/2021031217116393-manha-com-sputnik-brasil-destaques-desta-sexta-feira-12-de-marco/

Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.