Membro da Direção do Partido Comunista da China é recebido por maiores autoridades do Brasil em visita oficial ao país

Li Xi foi convidado pelo governo brasileiro e pelo Partido dos Trabalhadores

  • Li Xi (à esq.) e Luiz Inácio Lula da Silva Li Xi (à esq.) e Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Clique aqui para receber notícias do Brasil 247 e da TV 247 no WhatsApp

Rádio Internacional da China – Convidado pelo governo brasileiro e pelo Partido dos Trabalhadores (PT) do Brasil, Li Xi, membro do Comitê Permanente do Birô Político do Comitê Central do Partido Comunista da China (PCCh), fez uma visita oficial ao Brasil de segunda-feira (18) a sexta-feira (22).

Ao transmitir cordiais saudações do presidente chinês, Xi Jinping, ao presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, Li Xi observou que 2023 marca o 30º aniversário do estabelecimento de parceria estratégica entre China e  Brasil.

Xi Jinping e Lula se encontraram e trocaram opiniões em várias ocasiões, abrindo e orientando conjuntamente o futuro das relações China-Brasil na nova era, destacou o membro do comitê do partido, também secretário da Comissão Central de Inspeção Disciplinar do PCCh e lembrou que os dois países celebrarão os 50 anos do estabelecimento de seus laços diplomáticos no próximo ano.

Brasil e China devem se inspirar nas conquistas passadas e seguir em frente, com confiança política mútua mais profunda, bem como manter apoio mútuo contínuo em questões relacionadas aos interesses centrais e às principais preocupações um do outro, disse Li Xi.

O PCCh está disposto a fortalecer o intercâmbio e o aprendizado mútuo com o PT, explorar conjuntamente o caminho da modernização, de acordo com suas respectivas condições nacionais, e promover o desenvolvimento aprofundado da parceria estratégica abrangente China-Brasil, ressaltou o dirigente chinês.

Transmitindo seus bons votos a Xi Jinping e lembrando da associação cordial com Xi Jinping, Lula afirmou que o Brasil e a China abraçaram uma cooperação bilateral frutífera. O Brasil espera promover as estratégias de desenvolvimento da China, de modo a construir o desenvolvimento sustentável dos dois países, comprometeu-se o presidente brasileiro.

Lula acrescentou que seu país está pronto para fortalecer a cooperação com os chineses dentro de mecanismos multilaterais, de modo a fomentar  a paz e o desenvolvimento mundiais. Ao observar que o PT e o PCCh têm mantido contatos próximos, o dirigente brasileiro disse que está disposto a desempenhar um papel positivo no aprofundamento das relações bilaterais e na amizade entre seus povos.

Durante sua visita, Li Xi também se reuniu com o vice-presidente, Geraldo Alckmin, dizendo que a China está disposta a fazer um bom uso dos mecanismos como o comitê intergovernamental de coordenação e cooperação de alto nível, além de enriquecer continuamente a conotação estratégica das relações com o Brasil e fortalecer a cooperação bilateral em áreas como comércio e investimento, recursos energéticos, intercâmbios culturais e interpessoais e tecnologia.

Alckmin disse que saúda e espera a participação abrangente e aprofundada das empresas chinesas na implementação do plano de desenvolvimento do Brasil e a expansão de seus investimentos e negócios no Brasil. O Brasil está pronto para trabalhar com a China para elevar a cooperação prática bilateral a níveis mais elevados, com o apoio de mecanismos como o comitê de coordenação e cooperação de alto nível, acrescentou.

Ao se reunir com o presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco, Li Xi disse que a China está disposta a firmar intercâmbios legislativos com o Brasil e fornecer apoio jurídico e político para a cooperação das duas nações, consolidando a base da opinião pública para as relações bilaterais. Pacheco declarou que o Brasil tem total respeito pelas tradições históricas e culturais da China e por seu próprio caminho de desenvolvimento adaptado à realidade do país e que admira a glória centenária do Partido Comunista da China e está disposto a melhorar o mecanismo de intercâmbio entre os órgãos legislativos dos dois países, servindo ao desenvolvimento das relações bilaterais.

Em encontro com a presidente do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, Li Xi afirmou que o PCCh está disposto a aproveitar o 40º aniversário do relacionamento entre os dois partidos no próximo ano como uma oportunidade para aprimorar as trocas, fazendo bom uso de plataformas como o mecanismo de intercâmbio dos partidos governantes dos países do BRICS, para promover a cooperação bilateral e multilateral.

Hoffmann disse que, em um ambiente internacional cada vez mais diversificado, é de grande importância estratégica fortalecer a cooperação bilateral e multilateral entre os partidos. Os dois lados participaram da cerimônia de assinatura do acordo de intercâmbio e cooperação entre o PCCh e o PT.

Durante a visita, Li Xi apresentou o espírito do 20º Congresso Nacional do Partido Comunista da China e o exercício de uma auto-governança plena e rigorosa do Partido, ressaltando que o PCCh continua a promover firmemente a melhoria da conduta do Partido, o endurecimento da disciplina e o combate à corrupção, orientando a grande revolução social com a grande auto-revolução.

O membro do comitê do PCCh também se encontrou com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, e com o governador do estado, Cláudio Castro.

Fonte: https://www.brasil247.com/mundo/membro-da-direcao-do-partido-comunista-da-china-e-recebido-por-maiores-autoridades-do-brasil-em-visita-oficial-ao-pais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + dois =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.