Rússia responderá se alguém tentar testar sua defesa, diz embaixador russo nos EUA
27 de novembro de 2021
‘Rússia é a ameaça mais aguda’, afirma chefe do Estado-Maior do Reino Unido
28 de novembro de 2021

Ninguém pode afetar cooperação China-África, defende mídia chinesa

O Gabinete de Imprensa do Conselho de Estado da China divulgou nesta sexta-feira (26) o Livro Branco sobre a Cooperação China-África na Nova Era

27 de novembro de 2021, 17:56 h Atualizado em 27 de novembro de 2021, 17:56

China e África fortalecem cooperação pela paz e o desenvolvimento China e África fortalecem cooperação pela paz e o desenvolvimento 

Rádio Internacional da China – O Gabinete de Imprensa do Conselho de Estado da China divulgou nesta sexta-feira (26) o Livro Branco sobre a Cooperação China-África na Nova Era. Esta é a primeira vez que o governo chinês apresenta detalhadamente a cooperação com uma região do mundo desde o 18º Congresso Nacional do Partido Comunista da China (realizado em 2012).

O documento de mais de 20 mil caracteres apresenta conteúdos em quatro aspectos: estabelecer uma comunidade mais estreita de futuro compartilhado China-África, ampliar continuamente as áreas de cooperação na nova era, consolidar determinadamente o apoio mútuo e criar com todos os esforços uma nova situação para as relações sino-africanas.

Segundo o livro branco, a união e a cooperação com a África é uma importante base das políticas diplomáticas da China e uma estratégia de longo prazo do país. A cooperação pragmática China-África traz benefícios práticos aos dois povos.

Usando o combate à pandemia como exemplo: no momento mais difícil da luta contra a pandemia para a China, alguns países africanos, apesar de não serem ricos, doaram materiais e dinheiro ao país asiático. Por sua vez, quando a pandemia surgiu no continente africano, a China disponibilizou assistência humanitária o mais rápido possível, a qual incluiu 200 bilhões de vacinas contra Covid-19 e isenção de empréstimos sem juros vencidos até o final de 2020 para 15 países africanos.

A promoção do desenvolvimento comum é uma parte indispensável da cooperação China-África. Com a iniciativa Cinturão e Rota, a China tem ajudado os países africanos a atualizar sua condição de infraestrutura a fim de elevar a capacidade própria de desenvolvimento de cada um.

Desde 2020, com o apoio da China, os países africanos construíram e renovaram 10 mil quilômetros de ferrovia, 100 mil quilômetros de rodovia, mil pontes, cem portos e 150 mil quilômetros de rede de telecomunicação.

Ao tratar com os amigos africanos, a China sempre integra o desenvolvimento sustentável da África com o seu próprio desenvolvimento para que todos eles possam aproveitar os benefícios do desenvolvimento chinês.

No dia 29 deste mês será realizada em Senegal mais uma edição da Reunião Ministerial do Fórum de Cooperação China-África, na qual a China anunciará mais medidas de cooperação para os próximos três anos, trazendo assim mais benefícios para os dois lados.

Tradução: Xia Ren
Revisão: Erasto Santos Cruz

Fonte: https://www.brasil247.com/mundo/ninguem-pode-afetar-cooperacao-china-africa-defende-midia-chinesa

Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + oito =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.