Irã está monitorando ações dos EUA e pronto para combater qualquer ameaça, diz mídia
24 de março de 2021
China divulga relatório sobre violações de direitos humanos nos EUA
24 de março de 2021

Pequim avisa Aliança Cinco Olhos que uma China ‘irritada’ poderia ser ‘difícil de lidar’

Soldados chineses na praça Tiananmen, em Pequim, China, 5 de março de 2021

© AFP 2021 / Nicolas Asfouri

Ásia e Oceania

11:52 24.03.2021URL curta

0 182

Nos siga no

O Ministério das Relações Exteriores da China apelou aos países-membros da Aliança Cinco Olhos para entrar no século XXI e parar de considerar Pequim uma Dinastia Qing, após acusações sucessivas de abusos chineses de direitos humanos.

Discursando em um briefing para imprensa nesta quarta-feira (24), a porta-voz do MRE chinês, Hua Chunying, instou que as nações da Aliança Cinco Olhos (Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido e Estados Unidos) parassem de interferir nos assuntos internos da China.

Para Hua, os países-membros da Aliança Cinco Olhos precisam se mover para o século XXI e perceber que a China contemporânea é muito diferente da Dinastia Qing. A diplomata comparou os Cinco Olhos com a Aliança das Oito Nações, que invadiu e saqueou o norte da China em 1900.

“A China de agora não é a China de 120 anos atrás. O povo chinês não é irritável, mas se for irritado, será difícil de lidar”, apontou a porta-voz da chancelaria chinesa.

Questionando a legitimidade de estas nações punirem a China por alegados abusos de direitos humanos, a diplomata afirmou que “as Nações Unidas têm mais de 190 Estados-membros. Vários aliados tais como a Aliança Cinco Olhos não podem representar a comunidade internacional”, adicionando também que houve “pouco” suporte ao criticismo contra China.

“Basta olhar para o mapa-múndi e você saberá que a China tem amigos em todo o mundo. Com o que devemos nos preocupar?”, indagou a diplomata chinesa.

Os comentários da porta-voz chinesa surgiram depois de muitas nações ocidentais terem criticado o histórico de direitos humanos da China e aplicado sanções a oficiais chineses envolvidos em alegados abusos de direitos humanos na região de Xinjiang. Na terça-feira (23), a Austrália e a Nova Zelândia saudaram em declaração mútua a decisão dos EUA, UE, Canadá e Reino Unido de impor sanções a oficiais chineses.

Fonte: https://br.sputniknews.com/asia_oceania/2021032417196066-pequim-avisa-alianca-cinco-olhos-que-uma-china-irritada-poderia-ser-dificil-de-lidar/

Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − quinze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.