Cientistas chineses desenvolvem radar quântico capaz de detectar aviões furtivos
6 de setembro de 2021
Fora Bolsonaro: pelo menos 160 cidades terão atos em 7 de setembro; confira lista
6 de setembro de 2021

Petrolífera estatal da Rússia descarta dólares em transações com China

Plataforma de perfuração de petróleo e de queima de gás da empresa petrolífera Gazprom Neft na Rússia

© Sputnik / Aleksei Danichev

Rússia

21:50 05.09.2021URL curta

2480

Nos siga no

O diretor-geral da Gazprom Neft, empresa petrolífera estatal da Rússia, revelou que ela vai deixar de usar dólares nas transações com companhias de aviação na China e nos aeroportos da Rússia.

A empresa petrolífera estatal Gazprom Neft da Rússia começará a utilizar yuanes e rublos nas transações bilaterais com a China, anunciou na sexta-feira (3) o canal RBC.

O objetivo da ação, explicou à mídia Aleksandr Dyukov, diretor-geral da Gazprom Neft, é “transferir praticamente todos os pagamentos por combustível de aviação na China para yuanes” até o final de 2021.

Ao mesmo tempo, indicou, os pagamentos a realizar pelos aviões de companhias aéreas da China na Rússia serão feitos em rublos.

Essas operações costumam ser realizadas em dólares dos EUA, notou Dyukov.

A Gazprom Neft fornece serviços de reabastecimento de aeronaves em 34 aeroportos na China. No primeiro semestre de 2021, ela forneceu 56.500 toneladas de combustível, um aumento de 12% em comparação com o período homólogo de 2020 e 29% mais do que em 2019, observou Dyukov.

A Rússia e a China têm conduzido uma gradual política de desdolarização nos últimos anos, por exemplo, nos ativos financeiros dos dois países.

Fonte: https://br.sputniknews.com/russia/2021090517977663-petrolifera-estatal-da-russia-descarta-dolares-em-transacoes-com-china/

Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete − catorze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.