UE abusa de seu poder e força cultura e ideologia estranhas em Budapeste, diz Orbán
16 de maio de 2022
Pandemia não mudará a estabilidade da economia chinesa
17 de maio de 2022

Preços do trigo sobem quase 6% após Índia impor proibição de exportação

Seguindo a medida adotada pelo segundo maior produtor mundial de trigo, os preços futuros no mercado de Chicago subiram 5,9%, atingindo novo recorde em dois meses

16 de maio de 2022, 22:23 h Atualizado em 16 de maio de 2022, 22:37

www.brasil247.com - (Foto: Reuters)

RTOs preços do trigo subiram quase 6% nesta segunda-feira depois que a Índia proibiu as exportações do cereal, uma disposição que aumentou a pressão sobre o custo dos alimentos, causada pela operação militar na Ucrânia, segundo o Financial Times.

Informa-se que os preços futuros no mercado de Chicago (EUA) subiram 5,9%, atingindo 12,47 dólares por bushel (unidade de medida para grãos, equivalente a cerca de 27 quilos), atingindo assim um novo recorde em dois meses. No geral, os preços subiram mais de 60% até agora este ano.

A Índia, segundo maior produtor mundial de trigo depois da China, teve que cobrir o déficit de mercado causado pelo conflito entre Rússia e Ucrânia, países que respondem por quase um terço das exportações mundiais de cereais. Agora, diante da inflação nacional atingindo seu maior nível em oito anos, ele decidiu encerrar as exportações de grãos.

No entanto, de acordo com as autoridades, algumas exceções serão permitidas para essas vendas, a fim de “gerir a segurança alimentar geral do país e apoiar as necessidades dos países vizinhos e outros países vulneráveis”.

De acordo com o chefe global de estratégia de mercado do banco australiano Westpac, Robert Rennie, essa situação “agrava o risco de escassez de alimentos, especialmente para os países em desenvolvimento e aqueles que historicamente dependem de produtos alimentícios da região”.

Fonte: https://www.brasil247.com/economia/precos-do-trigo-sobem-quase-6-apos-india-impor-proibicao-de-exportacao

Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 5 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.