Resistindo às sanções, Rússia apresenta estimativas para sua economia em 2022

Moeda russa, rublo, fotografada de frente para a Catedral de São Basílio no centro de Moscou - Sputnik Brasil, 1920, 16.08.2022

© AFP 2022 / ALEXANDER NEMENOV

Em meio às sanções que atingem a economia russa, o Ministério para Desenvolvimento Econômico da Rússia divulgou suas estimativas para o futuro da economia do país nos próximos dois anos.

A pasta apresentou um relatório oficial e revisou sua última estimativa com relação ao declínio da economia russa para o ano atual. O país terá uma contração econômica de 4,2%, sendo que antes era previsto uma queda de 7,8%.

“As estimativas para este ano melhoraram significativamente. Agora, a estimativa é de menos 4,2% do PIB este ano”, disse um funcionário do Ministério para Desenvolvimento Econômico da Rússia.

Para o próximo ano (2023), a estimativa é que a economia tenha uma queda de 2,7%. Ainda de acordo com o projeto de previsão, o PIB crescerá 3,7% em 2024, e 2,6% em 2025.

O presidente russo Vladimir Putin aperta a mão do presidente turco Recep Tayyip Erdogan durante reunião em Istambul, Turquia. - Sputnik Brasil, 1920, 15.08.2022

Panorama internacional

‘Cavalo de Tróia’: mídia explica como Turquia ajuda Rússia a contornar sanções

15 de agosto, 04:19

A pasta também revisou sua avaliação sobre a taxa de câmbio média anual do dólar em 2022, que caiu de 76,7 rublos por dólar para 68,1 rublos por dólar.

Com base no projeto de previsão em discussão, o ministério espera uma taxa de câmbio média anual do dólar de 69,2 rublos por dólar em 2023, e 72,9 rublos em 2024, e 74,8 rublos por dólar em 2025.

Outro dado verificado pelo órgão foi a inflação. O Ministério para Desenvolvimento Econômico prevê inflação em 13,4% até o fim do ano. O índice, entretanto, deve despencar no ano seguinte (2023), podendo estabilizar em 5,5%.

“As estimativas de inflação foram revisadas para baixo significativamente. Se em março as estimativas eram de 17,5%, agora foram reduzidas para 13,4% no final do ano”, disse um funcionário.

Pessoas andando junto do Banco da Inglaterra em Londres, Reino Unido, 16 de junho de 2022 - Sputnik Brasil, 1920, 15.08.2022

Panorama internacional

Sanções saem pela culatra: 71% das empresas do Reino Unido sentem dificuldades, escreve mídia

Fonte: https://undhorizontenews2.blogspot.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.