Tentativa norte-americana de criar círculo pequeno na Ásia termina em fracasso
16 de maio de 2022
Preços do trigo sobem quase 6% após Índia impor proibição de exportação
17 de maio de 2022

UE abusa de seu poder e força cultura e ideologia estranhas em Budapeste, diz Orbán

Ao refletir sobre as sanções europeias contra a Rússia, o primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orbán, disse que elas só funcionam no papel

16 de maio de 2022, 12:18 h Atualizado em 16 de maio de 2022, 12:48

www.brasil247.com - Viktor Orbán Viktor Orbán (Foto: Reuters/Francois Lenoir)

Sputnik – A União Europeia está abusando de seu poder e força uma cultura e uma ideologia estranhas à Hungria, disse o primeiro-ministro do país, Viktor Orbán, nesta segunda-feira.

“No entanto, ainda não permitimos a entrada de migrantes, não damos permissão para ideologias de gênero e não aceitamos medidas econômicas que destruam as famílias húngaras”, enfatizou o primeiro-ministro.

Bruxelas também está reduzindo os poderes de membros individuais do bloco, continuou Orbán.

Ele também criticou as sanções ocidentais impostas contra a Rússia, argumentando que elas funcionam apenas em teoria.

“A Europa está convencida de que sanções diferentes podem colocar a Rússia de joelhos. Isso é possível no papel, e muitos políticos de ‘papel’ apresentam algumas evidências teóricas, mas não importa o quanto eu tente lembrar, um bloqueio continental eficaz não chega. No entanto, vi o fracasso daqueles que o introduziram”, disse Orbán.

A Hungria resistiu anteriormente à medida da UE de proibir o petróleo russo, bloqueando o sexto pacote de sanções introduzido pelo bloco. O primeiro-ministro indicou repetidamente que não apoiará sanções ocidentais contra Moscou que, em sua opinião, minam a segurança energética da Hungria.

As declarações de Orbán vieram quando ele foi reeleito primeiro-ministro pelo parlamento do país na segunda-feira. Ele já foi parabenizado pela Comissão Europeia, com sua chefe Ursula von der Leyen expressando esperança de que os “desafios sem precedentes” enfrentados pelo bloco possam ser enfrentados coletivamente.

Orbán vai liderar o governo húngaro pela quinta vez em sua carreira política. Ele já divulgou a lista de ministros para seu próximo gabinete, com Peter Szijjarto, Mihaly Varga e Judit Varga mantendo seus cargos de ministros das Relações Exteriores, Finanças e Justiça, respectivamente. Kristof Szalay-Bobrovinczky substituiu Tibor Benko como ministro da Defesa do país.

O primeiro-ministro húngaro é um dos líderes mais antigos da Europa, conhecido por sua forte postura anti-imigração e apoio aos valores cristãos tradicionais.

Fon te: https://www.brasil247.com/mundo/ue-abusa-de-seu-poder-forca-cultura-e-ideologia-estranhas-em-budapeste-diz-orban

Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 + quinze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.