China mostra qual é a verdadeira face do Fundo Nacional para a Democracia dos EUA
10 de maio de 2022
Rússia sinaliza que não descarta ataque nuclear preventivo contra a Ucrânia
10 de maio de 2022

Xi Jinping diz que bom relacionamento entre China e Alemanha contribui para a paz mundial

O presidente chinês, Xi Jinping, teve na tarde desta segunda-feira (9) uma videoconferência com o chanceler alemão, Olaf Scholz

10 de maio de 2022, 05:49 h Atualizado em 10 de maio de 2022, 06:22

www.brasil247.com - Xi Jinping e Olaf Scholz em videoconferência Xi Jinping e Olaf Scholz em videoconferência (Foto: Mídia chinesa)

Rádio Internacional da China – O presidente chinês, Xi Jinping, e o chanceler alemão, Olaf Scholz, se reuniram por videoconferência nesta segunda-feira (10).

Durante a reunião, o líder chinês disse que a humanidade ainda não saiu da sombra da pandemia, a recuperação da economia mundial continua frágil, e as contradições da geopolítica e da segurança mundial destacam-se cada vez mais.

Perante os crescentes desafios e dificuldades da segurança global e do desenvolvimento, há uma necessidade urgente de injetar mais força de estabilidade e certeza. Neste contexto, a China e a Alemanha, sendo dois grandes países influentes no cenário internacional, precisam manter especialmente o desenvolvimento estável de suas relações, o que beneficia não apenas os dois povos, como também contribui para a paz e a tranquilidade do mundo.

Segundo Xi Jinping, ao longo de 50 anos, as relações bilaterais conseguiram um desenvolvimento de alto nível e os dois países alcançaram progressos em conjunto. A chave é o respeito mútuo e a cooperação de benefícios recíprocos. A aspiração inicial da China de desenvolver amizade com a Alemanha, a vontade de reforçar a cooperação e a confiança de alcançar mais êxitos de grande significado com a Alemanha não mudaram.

O presidente chinês também disse que a China está acelerando o estabelecimento de uma nova estrutura de desenvolvimento, o que fornecerá oportunidades de mercado ainda maiores para todos os países, incluindo a Alemanha. É preciso valorizar o verdadeiro multilateralismo, proteger a equidade, a justiça internacional e a posição núcleo da ONU nos assuntos internacionais, além de promover a construção de uma economia mundial aberta, contribuindo para um desenvolvimento equilibrado, coordenado e inclusivo.

Olaf Scholz, por sua vez, manifestou a vontade de promover um bom desenvolvimento das relações com a China. Segundo ele, a Alemanha está disposta a celebrar junto com a China os 50 anos do estabelecimento dos laços diplomáticos, manter contatos e intercâmbios estreitos de diversos níveis, realizar da melhor forma a nova rodada de consultas entre os dois governos, desenvolver diálogos em temas como a estabilidade das cadeias de oferta globais e a coordenação das políticas de macroeconomia.

Os dois líderes trocaram opiniões de forma profunda e franca sobre a crise da Ucrânia. Xi Jinping pediu que se faça todo o possível para evitar o agravamento e o alargamento da crise. “A parte europeia deve assumir uma responsabilidade histórica com sabedoria política em busca de uma solução para a questão”, assinalou o líder chinês. Ele também reiterou o apoio chinês à União Europeia para desempenhar um papel positivo no processo de promover a reconciliação, de modo a criar um quadro de segurança europeu equilibrado e eficaz.

Fonte: https://www.brasil247.com/mundo/xi-jinping-diz-que-bom-relacionamento-entre-china-e-alemanha-contribui-para-a-paz-mundial

Jacinto Pereira
Jacinto Pereira
Jacinto Pereira de Souza, Radialista, Historiador e Policial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 5 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.