Sociedade pedirá impeachment de Temer: Se houve impeachment sem crime com Dilma, não pode haver crime sem impeachment

Written by jpsouza. Posted in Política

 

Movimentos sociais, estudantis, da sociedade civil e de juristas, com apoio da oposição, formalizarão na próxima terça-feira (6) o pedido de impeachment do presidente golpista, Michel Temer, por crime de responsabilidade. A decisão foi firmada em reunião nesta terça-feira (29), com a presença de líderes do PT e do PCdoB e das Minorias na Câmara e no Senado e de representantes dos movimentos. Eles entendem que, se houve impeachment sem crime, no caso da presidente eleita Dilma Rousseff, não pode haver crime sem impeachment, agora no escândalo do tráfico de influência de ministros, com anuência do presidente Temer.

Para o líder da Minoria no Senado, Lindbergh Farias (PT-RJ), o impeachment é a resposta certa para o tamanho da crise política que envolve diretamente o presidente golpista, “que cometeu crimes comuns de concussão e de advocacia administrativa e de responsabilidade”. Na avaliação de Lindbergh, a cada dia a coisa só piora para Temer. Ele destacou que além do caso envolvendo os dois ministros que deixaram o governo, Geddel Vieira Lima (Secretaria de Governo) e Marcelo Calero (Cultura), porque o primeiro pressionava o segundo para liberar uma obra embargada na qual ele tinha um apartamento, o Brasil assistiu ao constrangimento das perguntas de Eduardo Cunha para Temer sobre a Lava-Jato.

“E vão vir outros escândalos no qual o presidente está envolvido. Hoje já deve sair a nota fiscal do carro que levou Sérgio Machado, ex-diretor da Transpetro, no encontro com Michel Temer, também para tratar da Lava-Jato”, afirmou Lindbergh. Ele enfatizou que Temer não tem condições de continuar na presidência.

Diretas Já – O vice-líder da Bancada do PT, deputado Carlos Zarattini (PT-SP),participou da reunião e destacou a importância do aval da sociedade, dos estudantes, dos sindicalistas e dos juristas neste movimento para a saída de Temer e da campanha por eleições diretas. “A nossa unidade é fundamental, mas é preciso também dar visibilidade a esse apoio, que poderá vir na forma de um abaixo assinado pela saída do presidente ilegítimo e pela convocação de eleições diretas”, defendeu. A expectativa de Zarattini é de recolhimento de dois milhões de assinaturas respaldando o impeachment.

O deputado Henrique Fontana (PT-RS) também reforçou a importância da mobilização popular pela saída de Temer. “A nossa bandeira nas ruas é Fora Temer e Diretas Já. Não podemos aceitar a saída de Temer com eleições indiretas em 2017”, afirmou Fontana. Ele já está coletando assinaturas de apoio dos parlamentares para uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que modifica o artigo 81, para permitir eleição direita quando houver afastamento de um presidente da República, independentemente do ano de mandato. Na legislação atual isso só ocorre até o segundo ano de gestão. A partir do terceiro a escolha é indireta, pelo Congresso Nacional.

“Queremos, com a proposta, impedir que haja uma manobra no caso de renúncia ou impeachment Temer em 2017”, justificou Fontana.

Juristas – Os juristas Marcelo Lavenére, Marcelo Neves, Eugênio Aragão e Carlos Moura participaram do encontro e foram unânimes em confirmar que o presidente Temer cometeu crime de responsabilidade, que o fato é grave e que há embasamento jurídico sólido e mais do que suficiente para o impeachment. A peça que será protocolada na próxima semana pedindo o impedimento do presidente será escrita por eles.

Sintonia – A deputada Maria do Rosário (PT-RS) participou da reunião e disse que em comum com os movimentos, os partidos de oposição têm a luta contra o governo ilegítimo de Temer e o conjunto de medidas adotadas pela sua gestão. “Estamos juntos na luta contra a retirada de direitos sociais e trabalhistas e, agora, estaremos unidos também pela apuração das denúncias de crimes praticados por Temer, pelo seu impeachment e pelas Diretas Já”, afirmou.

Os representantes da CUT mostraram disposição para assinar o pedido e também para puxar uma campanha nas ruas pelo impedimento de Michel Temer. “Já estamos na campanha ‘Fora Temer’ contra a retirada de direitos e pelo restabelecimento da democracia no nosso País, agora só vamos acrescentar um novo e grave motivo para a sua saída: o crime de responsabilidade que ele praticou”, argumentou Vagner Freitas, presidente da central.

Alexandre Conceição, do MST, afirmou que o movimento dos sem-terra fará a campanha que for necessária para resgatar o voto popular e o Estado Democrático de Direito. “Já estamos na luta, que agora ganha impulso novo. Se tem crime, tem que ter impeachment”, frisou.

A líder da Minoria na Câmara, Jandira Feghali (PCdoB-RJ), o líder do PT no Senado, Humberto Costa (PE), o líder do PDT na Câmara, Weverton Rocha (MA), o líder do PC do B, Daniel Almeida (PCdoB-BA), além dos deputados Paulo Teixeira (PT-SP),Glauber Braga (Psol-RJ), Sílvio Costa (PTdoB-PE), Orlando Silva (PCdoB-SP), e dos senadores Paulo Rocha (PT-PA), Fátima Bezerra (PT-RN), Gleisi Hoffman (PT-PR) Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) participaram da reunião.

Também estavam presentes representantes da UNE, da Associação Nacional de Pós-graduação, da CTB (Central dos Trabalhadores do Brasil) e da Confederação Nacional dos Metalúrgicos.

Vânia Rodrigues

Foto: Alessandro Dantas

http://www.ptnacamara.org.br/index.php/inicio/noticias-gerais/item/29794-sociedade-pedira-impeachment-de-temer-se-houve-impeachment-sem-crime-com-dilma-nao-pode-haver-crime-sem-impeachment

Nossa situação é lamentável, com o Congresso que temos

Written by jpsouza. Posted in Comunicado importante

Está na hora de nós pedirmos que o Supremo Federal suspenda todas as sessões do Congresso e anule todas as proposições que foram aprovadas com os votos dos parlamentares envolvidos em denuncias de atos de corrupções e outros delitos, até esses que criminosos sejam julgados pelos delitos, e só então voltaria a funcionar esse Poder, que hoje está contaminado e sem moral para fazer leis que irão regulamentar as ações dos cidadãos honestos dessa Grande Nação. Chega de sermos dirigidos por quem não tem qualificação para exercer os cargos para os quais foram eleitos. Está na hora de entregar as funções de comando e Direção aos Sábios e aos Competentes.

CONTRA STF, TEMER SANCIONA LEI QUE TORNA VAQUEJADA PATRIMÔNIO CULTURAL

Written by jpsouza. Posted in Cultura

 

Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil

O presidente Michel Temer sancionou sem vetos a lei que eleva rodeios, vaquejadas e outras expressões artístico-culturais à condição de manifestação cultural nacional e de patrimônio cultural imaterial.

Em julgamento feito em 6 de outubro, o Supremo Tribunal Federal (STF) considerou inconstitucional uma lei cearense que regulamentava eventos desse tipo. Desde então, a proposta que visava à sua legalização ganhou força no Congresso Nacional e foi aprovada no mesmo dia (1º de novembro) tanto na Comissão de Educação, Cultura e Esporte quanto no plenário do Senado. A decisão do STF resultou também em uma manifestação contrária a ela, feita por vaqueiros no dia 11 de outubro na Esplanada dos Ministérios.

A vaquejada é uma atividade competitiva bastante praticada no Nordeste brasileiro, na qual os vaqueiros têm como objetivo derrubar o boi, puxando-o pelo rabo. As pessoas contrárias à atividade argumentam ser comum o tratamento cruel de animais. Com a sanção presidencial publicada no Diário Oficial da União de hoje (30), a prática passa a ter respaldo legal.

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/268049/Contra-STF-Temer-sanciona-lei-que-torna-vaquejada-patrim%C3%B4nio-cultural.htm

Planeta Nove pode trazer final trágico para o Sistema Solar

Written by jpsouza. Posted in Astronomia

 

Planeta Nove pode trazer final trágico para Sistema Solar

“A existência de um planeta massivo distante pode mudar fundamentalmente o destino do Sistema Solar.” [Imagem: University of Warwick]

Sai, Nibiru!

Talvez os especuladores e “teóricos alternativos”, curiosamente sempre prontos a prever armagedons, não tenham passado tão longe assim da realidade – embora, felizmente, tenham errado no tempo.

O lendário e tão procurado Planeta X – agora rebatizado de Planeta Nove – pode de fato selar um destino desastroso para o Sistema Solar.

Pelo menos é que calcula o professor Dimitri Veras, da Universidade de Warwick, no Reino Unido.

Mas é bom que se frise: São conjecturas e hipóteses e, ainda que todas se provem corretas – incluindo a existência do Planeta Nove -, os efeitos só se farão sentir depois que a vida na Terra já tiver sido extinta há muito tempo, de morte natural, por assim dizer.

Sinuca planetária

Segundo Veras, a presença do Planeta X, ou Nove, poderia causar a eliminação de pelo menos um dos planetas gigantes depois que o Sol morrer, lançando-o para o espaço interestelar através de uma espécie de “efeito sinuca”.

Quando o Sol começar a morrer, daqui a cerca de sete bilhões de anos, ele vai expulsar metade de sua própria massa e inflar a ponto de engolir a Terra, antes de apagar como uma brasa, tornando-se uma anã branca.

Essa ejeção de massa solar vai empurrar Júpiter, Saturno, Urano e Netuno para o que os astrofísicos vêm pressupondo ser uma distância segura, o que os manteria essencialmente íntegros – mas com uma queda de temperatura que induziria alterações internas difíceis de prever.

No entanto, o professor Veras afirma que a existência do Planeta Nove pode reescrever esse “final feliz” para nossos irmãos grandalhões.

Planeta Nove pode trazer final trágico para Sistema Solar

Como a órbita do Planeta X ainda é incerta – se é que ele existe de fato – o pesquisador simulou diversas possibilidades e seus impactos sobre o Sistema Solar. [Imagem: Dimitri Veras]

Planeta fatal

Veras calcula que o Planeta Nove pode não ser empurrado para fora da mesma maneira, já que está muito distante, podendo na verdade ser puxado para dentro, entrando em uma dança fatal com os quatro planetas gigantes conhecidos do Sistema Solar – mais notavelmente com Urano e com Netuno.

O resultado mais provável, de acordo com suas simulações, seria a ejeção para fora do Sistema Solar de um desses planetas.

Em seu simulador, o pesquisador mapeou várias posições diferentes onde o Planeta Nove poderia mudar o destino do Sistema Solar. Quanto mais longe ele estiver, e quanto mais maciço for, maior a chance de que o Sistema Solar vá experimentar um futuro violento.

“A existência de um planeta massivo distante poderia mudar fundamentalmente o destino do Sistema Solar. Urano e Netuno, em particular, podem não estar mais a salvo dos suspiros finais do Sol. O destino do Sistema Solar vai depender das propriedades orbitais e de massa do Planeta Nove, se ele existir,” finalizou Veras.

Bibliografia:
The fates of solar system analogues with one additional distant planet
Dimitri Veras
Monthly Notices of the Royal Astronomical Society
Vol.: 463 (3): 2958-2971
DOI: 10.1093/mnras/stw2170
https://arxiv.org/abs/1608.07580

http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.php?artigo=planeta-nove-trazer-final-tragico-sistema-solar&id=010130161011

‘Venera D’ permitirá missão a Vênus em 2026

Written by jpsouza. Posted in Astronomia

 

22 de novembro de 2016 Aram Ter-Gazarian, especial para Gazeta Russa

Missão conjunta entre NASA e Roscosmos enviará novo equipamento resistente a condições extremas do planeta.

venus

Soviéticos já enviaram nave a Vênus em 1975, mas condições extremas não permitiram sua manutenção. Foto:ESA

A agência espacial russa Roscosmos e a norte-americana NASA começaram a desenvolver o projeto Venera D. Trata-se da criação de um novo dispositivo que será lançado até Vênus e poderá passar vários dias na superfície do planeta.

A União Soviética enviou diversas missões para Vênus na década de 1970, mas todos os dispositivos que se aproximavam do planeta pararam de funcionar devido às condições extremas da atmosfera no planeta. A nova missão, que deverá ser realizada em 2026, será a mais longa na história.

Cabeça no céu, mas pés em Marte

“Esse tipo de pesquisas tem um componente econômico de longo prazo. Com a continuada exploração de recursos naturais, a população enfrentará a escassez. Assim, os minerais de outros planetas serão a base da indústria do futuro”, diz o acadêmico da Academia Russa de Cosmonáutica Tsiolkôvski, Aleksandr Jelezniakov.

Ao contrário de Marte, onde foi descoberta água, Vênus é um deserto sem vida. A temperatura de sua superfície, na sombra, é de 467 graus Celsius positivos. O planeta é coberto com uma densa camada de nuvens, a atmosfera é composta quase inteiramente de dióxido de carbono e a pressão atmosférica é 93 vezes maior do que na Terra.

“O clima em Vênus é catastrófico. Devido ao aumento da temperatura, os oceanos evaporaram”, explica o vice-presidente da Academia das Ciências da Rússia, Lev Zelióni.

Segundo Zelióni, a nova missão Venera-D poderá estudar novos fenômenos físicos desconhecidos.

“Os dados sobre esse planeta colhidos pelos cientistas soviéticos nos anos 1970 e 1980 ainda são usados ativamente em todo o mundo. Falo aqui das informações obtidas por balões que sobrevoavam na atmosfera do planeta a 50 ou 55 km de altitude”, diz Zelióni.

Nave da estação automática soviética “Venera-4” (Vênus). / Nikolai Pashin/RIA NôvostiNave da estação automática soviética “Venera-4” (Vênus). / Nikolai Pashin/RIA Nôvosti

O primeiro lançamento de uma nave espacial a Vênus ocorreu em agosto de 1970, quando a estação interplanetária “Venera 7” fez a primeira aterrissagem bem-sucedida na superfície do planeta.

Em 1975, a sonda “Venera 9” transmitiu à Terra as primeiras imagens de sua superfície. Em 1982, a sonda “Venera 13” registrou fotografias coloridas panorâmicas e arquivos de áudio.

De acordo com Zelióni, a Rússia já criou um grupo de trabalho com o objetivo de repetir a experiência soviética no desenvolvimento da nave espacial Vega-2. Essa aterrissou no planeta em 1975 e será o protótipo para a nova Venera D.

Cosmonautas irão cultivar pimentão e trigo no espaço exterior

Segundo Jelezniakov, a cooperação entre a Roscosmos e a NASA será eficaz e benéfica para ambas as partes.

Os cientistas russos criarão um centro de pesquisa portátil a bordo do Venera D, enquanto os americanos garantirão a “sobrevivência” do aparelho, graças a sua experiência de trabalho com materiais resistentes a condições atmosféricas agressivas.

A NASA não confirmou oficialmente sua participação do projeto, embora tenha confirmado estar negociando com os russos sobre a missão conjunta.

Confira outros destaques da Gazeta Russa na nossa página no Facebook

http://gazetarussa.com.br/ciencia/2016/11/22/venera-d-permitira-missao-a-venus-em-2026_650073

O PAPA E O ESTRUME DO DIABO

Written by jpsouza. Posted in Religião

 

(Jornal do Brasil) – O Papa Francisco está sendo amplamente atacado na internet, por ter dito, em  cerimônia, em Roma, que “o dinheiro é o estrume do diabo” e que quando se torna um ídolo “ele comanda as escolhas do homem”.

Acima e abaixo da cintura, houve de tudo.

De adjetivos como comunista, “argentino hipócrita”, demagogo e outros aqui impublicáveis, a sugestões de que ele se mude para uma favela, e – a campeã de todas – que distribua para os pobres o dinheiro do Vaticano.

É cedo, historicamente, para que se conheça bem este novo papa, mas, pelo que se tem visto até agora, não se pode duvidar  de que daria o dinheiro do Vaticano aos pobres, tivesse poder para isso, não fosse a Igreja que herdou dominada por nababos conservadores colocados lá pelos dois pontífices anteriores, e ele estivesse certo de que essa decisão fosse resolver, definitivamente, a questão da desigualdade e da pobreza em nosso mundo. Inteligente, o Papa sabe que a raiz da  miséria e da injustiça não está na falta de dinheiro mas na falta de vergonha,  de certa minoria que possui muito, muitíssimo,  em um planeta em que centenas de milhões de pessoas ainda vivem com menos de dois dólares por dia.

E que essa situação se deve, em grande parte, justamente à idolatria cada vez maior pelo dinheiro, o estrume do Bezerro de Ouro que estende a sombra de seus cornos sobre a planície nua, os precipícios e falésias do destino humano.              

Em nossa época, deixamos de honrar pai e mãe, de praticar a solidariedade com os mais pobres, com os doentes, com os discriminados e  os excluídos, para nos entregar ao hedonismo.

Os pais transmitem aos filhos, como primeira lição e maior objetivo na existência, a necessidade não de sentir, ou de compreender o mundo e a trajetória mágica da vida – presente maior que recebemos  de Deus quando nascemos – mas, sim, a de ganhar e acumular dinheiro a qualquer preço.

Escolhe-se a escola do filho, não pela abordagem filosófica, humanística, às vezes nem mesmo técnica ou científica, do tipo de ensino, mas pelo objetivo de entrar em uma universidade para fazer um curso que dê grana, com o objetivo de fazer um concurso que dê grana, estabelecendo, no processo, uma “rede” de amigos que têm, ou provavelmente terão grana.

Favorecendo, realimentando,  uma cultura voltada  para o aprendizado e o compartilhamento de símbolos de status  fugazes e vazios, que vão do último tipo de smartphone ao nome do modelo do carro do papai e da roupa e do tênis que se está usando.

O que determina a profissão, o que se quer fazer na vida, é o dinheiro.

Escolhe-se a carreira pública, ou a política, majoritariamente, pelo poder e pelas benesses, mas, principalmente, pelo dinheiro.

Montam-se igrejas e seitas, também pelo poder, mas, sobretudo, pelo dinheiro.

Até mesmo na periferia, assalta-se, mata-se, se morre ou se vive – como rezam as letras dos funks de batalha ou de ostentação – pelo dinheiro.

Para os mais radicais, não basta colocar-se ao lado do capital, apenas como um praticante obtuso e entusiástico dessa insensata e permanente “vida loca”.

É necessário reverenciar aberta e sarcasticamente o egoísmo, antes da solidariedade, a cobiça, antes da construção do espírito, o prazer, antes da sabedoria.

É preciso defender o dindin – surgido para facilitar a simples troca de mercadorias – como símbolo e bandeira de uma ideologia clara, que se baseia na apologia da competição individual desenfreada e grosseira, e de um “vale tudo” desprovido de pudor e de caráter, como forma de se alcançar riqueza e glória, disfarçado de  eufemismos que possam ir além do capitalismo, como é o caso, do que está mais na moda agora, o da “meritocracia”.

Segundo a crença nascida da deturpação  do termo, que atrai, como um imã, cada vez mais brasileiros, alguns merecem, por sua “competência”, viver, se divertir, ganhar dinheiro. Enquanto outros não deveriam sequer ter nascido – já que estão aqui apenas para atrapalhar o andamento da vida e do trânsito. Melhor, claro,  se não existissem – ou que o fizessem apenas enquanto ainda se precise – ao custo odioso de quase 30 dólares por dia – de  uma faxineira ou de um ajudante de pedreiro.  

O capitalismo está se transformando em ideologia. Só falta que alguém coloque o cifrão no lugar da suástica e  comece a usá-lo em estandartes, lapelas e braçadeiras, e que em nome dele se exterminem os mais pobres, ou ao menos os mais desnecessários e incômodos, queimando-os, como polutos cordeiros, em fornos de novos campos de extermínio.

Disputa-se e proclama-se o direito de ter mais, muito mais que o outro, de receber de herança  mais que o outro, de legar mais que o outro, de viver mais que o outro, de gastar mais que o outro, e, sobretudo, de ostentar, descaradamente, mais que o outro. Mesmo que, para isso, se tenha de aprender dos pais e ensinar aos filhos, a se acostumar a pisar no outro, da forma mais impiedosa e covarde. Principalmente, quando o outro for mais “fraco”, “diverso” ou pensar de forma diferente de uma matilha malévola e ignara, ressentida antes e depois do sucesso e da fortuna, que se dedica à prática de uma espécie de bullying que durará a vida inteira, até que a sombra do fim se aproxime, para a definitiva pesagem do coração de cada um, como nos lembram os antigos papiros, à sombra de Maat e de Osíris.  

A reação conservadora à ascensão de Francisco, depois do aparelhamento, durante os dois papados anteriores, da Igreja Apostólica e Romana por clérigos  fascistas, e da renúncia de um papa  envolvido indiretamente com vários escândalos, que comandou com crueldade e mão de ferro a “caça às bruxas” ocorrida dentro da Igreja nesse período, se dá também nos púlpitos brasileiros.

Não podendo atacar frontalmente um pontífice que diz que o mundo não é feito,  exclusivamente, para os ricos, religiosos que progrediram na  carreira nos últimos 20 anos, e que se esqueceram de Jesus no Templo e do Cristo dos mendigos, dos leprosos, dos aleijados, dos injustiçados, proferem seu ódio fazendo política nas missas – o que sempre condenaram nos padres adeptos da Teologia da Libertação – ressuscitando o velho e baboso discurso  de triste memória,  que ajudou a sustentar o golpismo em 1964.

O ideal dos novos sacerdotes e fiéis do Bezerro de Ouro é o de um futuro sem pobres, não para que diminua a desigualdade e aumente a dignidade humana, mas, sim, a contestação aos seus privilégios.

Em 1996, em um livro profético – “L´Horreur Economique”, “O Horror Econômico” – a jornalista, escritora e ensaísta francesa, Viviane Forrester, morta em 2013, já alertava, na apresentação da obra, para o surgimento desse mundo, dizendo que estamos no limiar de uma nova forma de civilização, na qual apenas uma pequena parte da população terrestre encontrará  função e emprego.

“A extinção do trabalho parece um simples eclipse – afirmou então Forrester – quando, na verdade, pela primeira vez na História, o conjunto formado por todos os seres humanos é cada vez menos necessário para o pequeno número de pessoas que manipula a economia e detêm o poder político…

dando a entender que diante do fato de não ser mais “explorável”, a “massa” e quem a compõe só pode temer, e perguntando-se se depois da exploração, virá a exclusão, e, se, depois da exclusão, só restará a eliminação dos mais pobres, no futuro.

O culto ao Bezerro de Ouro, ao dinheiro e ao hedonismo está nos conduzindo para um mundo em que a tecnologia tornará o mais fraco teoricamente desnecessário.

A defesa dessa tese, assim como de outras que são importantes para a implementação paulatina desse processo, será alcançada por meio da implantação de uma espécie de pensamento único, estabelecido pelo consumo de um mesmo conteúdo, produzido e distribuído, majoritariamente, pela mesma matriz capitalista e ocidental, como já ocorre hoje com os filmes, séries e programas e os mesmos canais norte-americanos de tv a cabo, em que apenas o idioma varia, que podem ser vistos com um simples apertar de botão do controle remoto, nos mesmos quartos de hotel – independente do país em que se estiver – em qualquer cidade do mundo.       

As notícias virão também das mesmas matrizes, em canais como a CNN, a Fox e a Bloomberg, e das mesmas agências de notícias, e serão distribuídas pelos mesmos grandes grupos de mídia, controlados por um reduzido grupo de famílias, em todo o mundo, forjando o tipo de unanimidade estúpida que já está se tornando endêmica em países nos quais – a exemplo do nosso – impera o analfabetismo político.

E o controle da origem da informação, da sua transmissão, e, sobretudo dos cidadãos, continuará a ser feito, cada vez mais, pelo mesmo MINIVER, o Ministério da Verdade, de que nos falou George Orwell, em seu livro “1984”, estabelecido primariamente pelos Estados Unidos, por meio da internet, a gigantesca rede que já alcança quase a metade das residências do planeta, e de seus mecanismos de monitoração permanente, como  a NSA e outras agências de espionagem, seus backbones, satélites, e as grandes empresas  norte-americanas da área, e a computação em nuvem, identificando rapidamente qualquer um que possa ameaçar a sobrevivência do Sistema.   

O mundo do Bezerro de Ouro será, então – como sonham ardentemente alguns – um mundo perfeito, onde os pobres, os contestadores, os utópicos – sempre que surgirem –   serão caçados a pauladas e tratados a chicotadas, e, finalmente, perecerão, contemplando o céu,   nos lugares mais altos, para que todos vejam, e sirva de exemplo, como aconteceu com um certo nazareno chamado Jesus Cristo, há 2.000 anos.

Por  Mauro Santayana

BALEIAS. INTELIGENTES, GOSTAM DE MÚSICA, IMITAM A VOZ HUMANA

Written by jpsouza. Posted in Reportágem

 

Em todo o mundo, é enorme o repertório de histórias que dão testemunho da inteligência e capacidade perceptiva das baleias e dos golfinhos

25 DE NOVEMBRO DE 2016 ÀS 03:43 // RECEBA O 247 NO TELEGRAM Telegram

Enredada por um cabo submarino de rede internet/telefônica, uma baleia jubarte esperou calmamente que uma equipe humana de socorro conseguisse libertá-la. Um fotógrafo norueguês documentou a história, que constitui mais uma prova da extraordinária sensibilidade e inteligência desses animais. Na foto de abertura, acima, o olhar aterrorizado da jubarte e o cabo de rede (na cor amarela). Ao fundo, o barco da guarda costeira norueguesa. O autor dessa imagem excepcional é o fotógrafo norueguês Audun Rikardsen.


Por: Luis Pellegrini

Fonte: www.luispellegrini.com.br

Deram a ela o nome de Hacker, uma baleia jubarte (Megaptera novaeangliae) que estava inspecionando o fiorde de Kaldfjorden, uma área muito visitada por baleias não muito distante de Tromso (Noruega), e que acabou enredada em um cabo submarino de rede internet/telefônica. A jubarte, também conhecida como baleia-corcunda ou baleia-cantora, é um mamífero marinho que ocorre na maioria dos oceanos. Ela é da ordem dos cetartiodactylos, subordem dos cetáceos e infraordem dos misticetos.

Por sorte, nas imediações estava navegando Audun Rikardsen, um fotógrafo naturalista, à caça de situações que merecessem ser fotografadas. O encontro dele com a baleia foi narrado no número de novembro da revista New Scientist. Ao perceber que havia algo de errado com o enorme animal, Rikardsen foi chamar a guarda costeira e retornou ao local com um amigo para tentar salvar Hacker.

A baleia, inicialmente aterrorizada, parece ter percebido, em certo momento, que eles estavam lá para ajudá-la, e deixou que os dois se aproximassem. “Ela chegou bem perto do nosso pequeno barco, com todas as suas trinta toneladas. Se quisesse, poderia facilmente ter virado nossa embarcação, mas não fez isso. Estava claramente nos pedindo ajuda”, comentou o fotógrafo. Mas mesmo após 4 ou 5 horas de esforços, os dois homens não conseguiram soltá-la. Finalmente chegou a guarda costeira (na foto) que tentou liberar a baleia durante toda a noite, até que, ao amanhecer, mandaram um mergulhador às profundezas para resolver o problema.

Só então todos perceberam que o cetáceo não ficara preso nas cordas de uma rede de pesca, mas por um cabo internet/telefônico que deveria estar a 170 metros de profundidade, pousado no fundo do fiorde, e que prendia o animal de um lado para o outro na boca, envolvendo-o também ao redor de uma nadadeira e da cauda. Depois de um dia e uma noite de esforços, Hacker finalmente foi libertada e partiu para o alto mar. Skulsfjord, a cidadezinha do fotógrafo, ficou sem telefone nem conexão pela rede durante duas semanas, até que o cabo foi substituído.

O notável, em toda essa história, foi o comportamento calmo e inteligente do animal. Ele pareceu ter percebido claramente a intenção de ajuda dos homens, e manteve-se o tempo todo calmo e sem agitação.


Um grau de compreensão excepcional

Em todo o mundo, é enorme o repertório de histórias que dão testemunho da inteligência e capacidade perceptiva das baleias e dos golfinhos. Eu mesmo, no porto pesqueiro de Luiz Correia, no Piauí, ouvi de pescadores o relato incrível de um boto cinza que, durante horas, conduziu um barco até o local onde estava um marinheiro que, após umas cachaças a mais, caíra o mar durante a madrugada e nenhum dos seus colegas percebeu, pois estavam todos dormindo. “Ao amanhecer, quando percebemos que nosso colega não estava no barco, ficamos desesperados. Tínhamos viajado no mar alto a noite toda, como poderíamos encontrá-lo? Foi então que um boto cinza se aproximou da proa do nosso barco, parecendo agitado, e começou a saltar à esquerda, como se quisesse nos mostrar a direção. Ele continuou assim, saltando à direita ou à esquerda, sempre que queria nos mostrar o rumo justo. Após algumas horas, encontramos nosso amigo boiando nas água. Nós o recolhemos e ele foi levado de volta são e salvo graças àquele animal. Foi ele que nos conduziu diretamente ao nosso colega”, narrou um dos pescadores.

Há muitas coisas que conhecemos pouco a respeito dos cetáceos e dos delfinídeos. Muitos desses animais dormem “em pé”, outros conseguem imitar a voz humana, inclusive nossas canções e alguns vivem até 200 anos. Aqui está uma galeria de imagens e informações curiosas sobre baleias, belugas, cachalotes, gigantes misteriosos e que apresentam alguns traços “humanos”.

1 Baleia azul, o maior animal do mundo. Com suas 180 toneladas de peso, bem distribuídas sobre os seus trinta metros de comprimento, a baleia azul (Balaenoptera musculus) é, em termos de massa corporal, o maior mamífero vivo. Ela é inclusive maior que a imensa maioria dos dinossauros, se se exclui o gigantesco Amphicoelias, um tipo de dinossauro saurópodo extinto. Seu coração tem o tamanho de um carro pequeno, e bate tão forte que poderia ser ouvido a 3 quilômetros de distância. Até pouco tempo atrás, acreditava-se que suas artérias fossem largas o suficiente para permitir que um homem passasse por elas a nado. Mas a recente autopsia de uma baleia azul que encalhou numa praia desmentiu essa convicção.

02

2 As belugas gostam de música. Comumente chamadas de “canários do mar” por causa das vocalizações agudas e muito musicais que emitem para se comunicar, as belugas (Delphinapterus leucas), grandes cetáceos brancos difusos nos mares frios, mostram, no cativeiro, uma certa predileção pela música e pela interação com os humanos. Em muitas ocasiões, podendo escolher entre entocar-se num canto escuro ou aproximar-se de um músico quando ele tocava um trecho musical, as belugas escolheram esta última opção. Alguns exemplares inclusive conseguem acompanhar o ritmo da música com movimentos do seu corpo, o que demonstra que elas conseguem ouvir as notas.

3 Podem engolir tanta água quanto o seu próprio peso. Os cetáceos, particularmente as baleias de barbatana, podem ingerir de uma só vez até 480 mil quilocalorias contidas no krill, o pequeno crustáceo que elas adoram. A água em excesso que vem junto com a comida é expulsa através das barbatanas, que são lâminas presentes nas bocas de algumas baleias e que atuam como filtros.

04

4 As jubartes cultivam suas “melhores amigas”. As fêmeas jubarte formam laços de amizade que se tornam tão sólidos a ponto de resistirem às distâncias oceânicas. Quando duas amigas se encontram, mesmo após anos de distância, elas demonstram alegria e se reconhecem como seres de uma mesma família. Isso foi descoberto, após 16 anos de observações, por cientistas canadenses do grupo Mingan Island Cetacean Study. As amigas – quase todas fêmeas e geralmente da mesma idade – se reencontram todos os anos depois da temporada de acasalamentos e das migrações, reconhecendo-se mesmo entre vários exemplares. A instauração de laços de amizade facilita a caça (que é feita “em cooperativa”, e as fêmeas que têm amigas costumam ter filhotes mais sadios. Antes dessa descoberta, pensava-se que esses animais fossem pouco sociáveis.

5 Os cachalotes dormem “em pé”. Até há pouco acreditava-se que o cachalote (Physeter macrocephalus) assim como o golfinho, deixassem em repouso um hemisfério cerebral por vez, permanecendo em vigília com metade do corpo em caso de perigo. Mas em 2013 uma equipe de pesquisadores da Universidade de St Andrew (GB) topou acidentalmente com um bando de cachalotes imobilizados em posição vertical, com a cabeça que às vezes chegava até a superfície. Estavam dormindo: o pequeno barco dos cientistas apagou os motores e passou silenciosamente por entre os animais, sem provocar reações. Acidentalmente, no final do trajeto, o barco se chocou contra um dos cachalotes: o bando inteiro acordou e imediatamente se dirigiu para as profundezas do oceano. Essas sonecas duram geralmente entre 12 e 20 minutos e acontecem, não se sabe por que, sobretudo entre as 18 horas e a meia noite.

Bowhead Whale (Balaena mysticetus) breaching. Foxe Basin, Nunavut, Canada, April.

6 A baleia ártica pode viver até 200 anos. Não obstante a maior parte dos exemplares viva entre 60 e 90 anos, a presença de antigos fragmentos de arpões encontrados nas carnes de algumas baleias da Groenlândia (Balaena mysticetus) que escaparam ao ataque das baleeiras fazem pensar que alguns exemplares podem superar amplamente os 100 anos de vida, chegando aos 200 anos. A análise do tecido ocular de alguns exemplares mortos parece confirmar essa longevidade. Alguns cientistas, por seu lado, lançaram a hipótese de que esses cetáceos também passam por um processo análogo ao da menopausa humana, dada a importante e consistente presença de exemplares fêmeas muito grandes e sem filhotes ao lado.

7 Algumas conseguem imitar a voz humana. O caso mais emblemático é o de Noc, a beluga da National Marine Mammal Foundation de San Diego, Califórnia, que se tornou famosa por conseguir reproduzir nas suas vocalizações os padrões sonoros típicos de conversações entre humanos (ouça no vídeo). As suas imitações eram tão fieis (era capaz inclusive de imitar o sotaque regional da fala de alguns dos seus tratadores) que um dos adestradores, ao ouvi-la, um dia saiu da água convencido de que algum colega estivesse falando com ele à distância. Alguns estudos demonstraram que Noc, como outros belugas imitadores antes dele já tinham feito, produziam aqueles sons enchendo de ar cavidades aéreas com uma pressão não usual, muito superior às pressões usadas para produzir as vocalizações normais de belugas.

Video: NOC imitando a fala humana

8 As canções das jubartes são como musica pop. Essas “canções” se difundem no seio da sociedade dessas baleias com dinâmicas similares às das “músicas da moda” que são difundidas pelas rádios. Ou seja, outras baleias as ouvem, mesmo à distância, e passam a reproduzi-las. Estudiosos da Universidade de Queensland, na Austrália, demonstraram que, no interno de uma mesma população de jubartes, os machos tendem – no mesmo período – a produzir os mesmos conjuntos de sons (uma melodia que pode ser comparada a uma canção) de acasalamento. Com o tempo, o motivo vai mudando, tornando-se cada vez mais preciso e audível: quanto mais ele faz sucesso, mais é fácil que se difunda em outras populações de jubartes, começando pelas populações mais próximas, e muitas vezes produzindo um mix com canções pregressas, criadas na temporada anterior.

MOBY DICK, Gregory Peck, 1956

9 Moby Dick existiu realmente. Ou, melhor dizendo, o romance publicado em 1851 por Herman Melville parece ter-se inspirado em relatos de fatos realmente ocorridos com a desafortunada tripulação de uma baleeira, de nome Essex. Em 1820, um dos seus barcos com arpoadores  foi arrastado para longe da baleeira por um cachalote que assumiu postura defensiva. O animal acabou virando o barco, lançando ao mar todos os seus tripulantes, em pleno Pacífico sul. Os sobreviventes, depois, conseguiram desvirar o barco e subir nele. Mas permaneceram à deriva por 90 dias e, para sobreviver, acabaram se entregando ao canibalismo.

18c8aiia4kv80jpg

10 Adotam outros animais (ou objetos). Em 2011, um grupo de cachalotes foi observado cuidando, em diversas ocasiões, de um golfinho nariz-de-garrafa que tinham uma má formação espinhal (na foto), o que determinara o seu afastamento do grupo de golfinhos. Algumas vezes, belugas em liberdade foram observadas tratando pedaços de madeira ou carcaças de caribús como se fossem bonecas, substitutas de seus próprios filhotes.

http://www.brasil247.com/pt/247/revista_oasis/267190/Baleias-Inteligentes-gostam-de-m%C3%BAsica-imitam-a-voz-humana.htm

“Acusações contra FHC nunca viram manchetes”, diz pesquisador

Written by jpsouza. Posted in Reportágem

 

1pesquisa

O vice-diretor do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Uerj) e coordenador do Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (Lemep), João Feres Júnior, comandou um estudo em que comprova de maneira científica a intensa perseguição do “Jornal Nacional”, da Rede Globo, e da grande mídia em geral, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ao Partido dos Trabalhadores.

Em entrevista à Agência PT, o sociólogo, que também é coordenador do site Manchetômetro, destaca que a quantidade de notícias negativas dadas pelo noticiário da emissora global sobre Lula é muito maior do que as relacionadas a lideranças de outros partidos, como o senador Aécio Neves (PSDB-MG) e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB).

“Aécio Neves foi candidato a presidente, é o principal político do PSDB hoje em dia e objeto de diversas denúncias de corrupção em delações premiadas. Mesmo assim, a cobertura sobre Lula é mais de 10 vezes mais negativa do que a do tucano”, afirma.

“Fernando Henrique Cardoso, então, foi poupado pela cobertura da mídia de uma maneira absurda, apesar de também ter sido acusado de corrupção neste ano. As acusações contra Fernando Henrique nunca viram manchetes. As contra Lula, sempre viram”.

De dezembro de 2015 a agosto de 2016, período compreendido pela pesquisa de João Feres, o “Jornal Nacional” veiculou 12 horas e 52 minutos de matérias com viés contrário ao líder petista. É o mesmo que a transmissão de sete partidas de futebol ou um mês de novela.  Os materiais com viés neutro duraram quatro horas.

De acordo com o pesquisador, após o caso do Mensalão, em 2005, a grande imprensa iniciou uma perseguição não somente ao então presidente, mas também ao PT. Além do “Jornal Nacional”, os outros grandes veículos de comunicação do Brasil também passaram a fazer o mesmo papel, como os jornais “Folha de S. Paulo”, “O Globo” e “Valor Econômico”.

“Todos eles têm uma cobertura muito negativa do Lula e ao PT. Muito mesmo. Eles passaram a tentar colocar o PT como o partido responsável pela corrupção no Brasil”, analisa.

“Para ter uma ideia, em março de 2016 as notícias negativas em relação a Lula atingiram uma ordem de 340 matérias por mês nos três principais jornais do Brasil. E estou falando somente das capas. Dá, em média, mais que três por dias em cada jornal”.

A perseguição da mídia a ex-presidente, diz João Feres, tem contornos estranhos por ser tratar de um cidadão sem nenhum cargo político. “O mais absurdo é que Lula não tem nenhum cargo público. Ele é apenas um político conhecido”.

Para efeito de comparação, estudo do Manchetômetro mostra que, durante a campanha eleitoral de 2014, os ex-presidentes Lula e FHC receberam cobertura desproporcional da grande imprensa. O tucano foi alvo de bem menos citações – e a maior parte favorável, enquanto o petista teve muito mais notícias relacionadas a ele, grande parte neutra ou negativa.

1pesquisafhc

Para o pesquisador, a perseguição da grande mídia contra a presidenta eleita Dilma Rousseff foi semelhante a dedicada a Lula. Na corrida presidencial de 2014, por exemplo, a “Folha” deu oito manchetes negativas a Dilma, contra três a Aécio Neves.

1pesquisa2

Nos casos de “O Globo” e “Estadão”, a situação foi ainda pior. O “Estadão” publicou 32 matérias contrárias a Dilma frente a 8 contrárias ao tucano somente em suas capas, e “O Globo” atingiu a marca de 27 a 4, para os respectivos candidatos. No quadro, há também a então candidata Marina Silva, então no PSB.

A comparação fica ainda mais aparente ao se analisar o “Jornal Nacional”. No gráfico abaixo, vemos a quantidade de notícias negativas do telejornal dedicada aos três principais candidatos, Dilma, Aécio e Marina.

1pesquisa3

Agência PT de Notícias

http://www.ptnacamara.org.br/index.php/outras-noticias/item/29703-acusacoes-contra-fhc-nunca-viram-manchetes-diz-pesquisador

LULA JÁ FOI INOCENTADO POR 11 TESTEMUNHAS NA LAVA JATO

Written by jpsouza. Posted in Justiça

 

GABRIELA BILO

Jornal GGN Por meio de nota, os advogados de defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva afirmam que as audiências realizadas nesta semana na 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba (PR) formaram um “quadro bastante distinto” daquele formado pela acusação inicial do Ministério Público Federal.

Lula e sua esposa, Marisa Letícia, foram isentados por onze testemunhas do MPF dos crimes apontados na denúncia. Entre estas testemunhas, estão Delcídio do Amaral, Alberto Yousseff, Paulo Roberto Costa e Nestor Cerveró.

Para os advogados, as testemunhas mostraram que a corrupção investigada pela Lava Jato está restrita a agentes públicos e privados que agiam de maneira independente e pelos seus próprios interesses, “alheios à Presidência da República”.

“Concluir que Lula era o centro desse processo, como fez o MPF, só pode ser ato de voluntarismo maldoso, sem qualquer lastro de veracidade, o que se insere nas práticas de lawfare – que é o uso da lei e dos procedimentos jurídicos para fins de perseguição política”, afirmam os advogados, concluindo que “é possível antever ” que o único resultado do processo será a absolvição do ex-presidente e sua esposa.

Leia a íntegra da nota abaixo:

“Nota

Emerge um quadro bastante distinto da acusação inicial do Ministério Público Federal, após a realização das audiências na 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba nesta semana (21/11 a 25/11), no âmbito da ação penal que atribui ao ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva a obtenção de vantagens indevidas a partir de três contratos celebrados entre a OAS e a Petrobras, notadamente por meio da aquisição da propriedade de um apartamento triplex, no Guarujá (SP).

As 11 testemunhas do MPF isentaram Lula e sua esposa Marisa Leticia da prática dos crimes imputados na denúncia, e, mais do que isso, revelaram que o foco de corrupção alvo da Lava Jato está restrito a alguns agentes públicos e privados, que atuavam de forma independente, regidos pela dinâmica de seus próprios interesses, e alheios à Presidência da República.

Quando diretamente inquiridas, as testemunhas (Augusto Ribeiro de Mendonça Neto, Dalton dos Santos Avancini, Eduardo Hermelino Leite, Delcidio do Amaral, Pedro Corrêa, Paulo Roberto Costa, Nestor Cerveró, Pedro Barusco, Alberto Youssef, Fernando Soares e Milton Paskowich) não fizeram qualquer afirmação que pudesse confirmar a tese acusatória do MPF que tem Lula no centro do processo de obtenção de vantagens indevidas no âmbito da Petrobras e muito menos em relação aos três contratos indicados na denúncia. Ficou igualmente claro o desconhecimento dessas testemunhas sobre a relação de Lula com o triplex do Guarujá. Como sempre afirmamos, o ex-Presidente não tem a posse e muito menos a propriedade desse imóvel.

Os depoimentos recolocam em outro plano os resultados obtidos pela Lava Jato. O foco de corrupção está restrito a algumas empresas privadas, alguns dirigentes da Petrobras e, ainda, alguns agentes políticos. Esse foco de corrupção era hermético e atuava, fundamentalmente, dentro da variação de preço (“range”) aprovada pela Diretoria de Petrobras, baseada em parâmetros internacionais, o que lhe conferia aura de aparente normalidade.

Por isso mesmo, esse foco de corrupção não foi identificado por qualquer órgão de controle interno (auditoria interna, Conselho Fiscal, dentre outros) ou externo (auditoria externa, CGU, TCU) da Petrobras, como também reconheceram algumas das testemunhas ouvidas. Concluir que Lula era o centro desse processo, como fez o MPF, só pode ser ato de voluntarismo maldoso, sem qualquer lastro de veracidade, o que se insere nas práticas de lawfare – que é o uso da lei e dos procedimentos jurídicos para fins de perseguição política.

Não havia qualquer lastro probatório mínimo para a abertura dessa ação penal contra Lula e sua esposa, muito menos com o alarde feito pelo MPF – que usou de um reprovável PowerPoint em rede nacional. Nesta etapa processual, já é possível antever que o único resultado legítimo desse processo é a absolvição de ambos.”

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/267533/Lula-j%C3%A1-foi-inocentado-por-11-testemunhas-na-Lava-Jato.htm

Lula é inocentado. E agora, Moro?

Written by jpsouza. Posted in Justiça

​A inocência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é a prova cabal do abuso de autoridade da Operação Lava Jato.

Via blog do Esmael Morais

Foto: Heinrich Aikawa/ Instituto Lula

Nesta segunda (21), em depoimento como testemunha de acusação, o ex-senador

Delcídio Amaral (sem partido) afirmou nunca ter tido nenhuma conversa com o ex-presidente a respeito de qualquer procedimento ilícito.

Não há prova alguma contra Lula. E agora juiz

Sérgio Moro , que fazer?

Se houve abuso de autoridade contra Lula, necessariamente, também ocorreu contra os demais réus da Lava Jato. Certo? Corretíssimo.

Nesse furdúncio todo, a Lava Jato conseguiu parir — e enjeitar — o ilegítimo governo Michel Temer (PMDB) com o golpe de Estado em 31 de agosto. Ah, também é responsável por quebrar a economia do país e devolver milhões de brasileiros à miséria.

Portanto, desenha-se como engodo um final infeliz para a pirotecnia do juiz Moro e do procurador Deltan Dallagnol.

https://blogavozdosertao.wordpress.com/2016/11/22/lula-e-inocentado-e-agora-moro/

Rodrigo Janot decide encarar a quadrilha: “A sociedade quer corruptos na cadeia”

Written by jpsouza. Posted in Justiça

 

Postado por Brasil Verde Amarelo em 22 de novembro de 2016

006

PUBLICIDADE →

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, disse ontem (21) durante uma palestra em Brasília que a “vontade do povo brasileiro é ver corruptos e criminosos punidos, sejam eles ricos ou poderosos”.  No evento, o procurador também defendeu a aprovação do projeto de lei sobre as Dez Medidas contra a Corrupção, cujo relatório deve ser votado amanhã pela comissão especial que trata do assunto na Câmara dos Deputados.

Ao participar da abertura de um seminário sobre o sistema penal, Janot disse que foi alertado na semana passada sobre articulações para “desvirtuar a vontade dos cidadãos”. No entanto, o procurador disse que está “confiante” de que o Congresso vai manter a vontade da população, que participou da campanha lançada pelo Ministério Público Federal (MPF) e terminou com 2,5 milhões de assinaturas de apoiadores ao projeto.

“Estamos confiantes de que os parlamentares que integram essa comissão saberão dar uma resposta digna à sociedade. Estamos todos cansados dos efeitos da corrupção e da impunidade e desejamos que o Estado brasileiro, por meio de seu parlamento, endosse em sua decisão amanhã o justo anseio social”, disse Janot.

http://www.brasilverdeamarelo.com/rodrigo-janot-decide-encarar-a-quadrilha-a-sociedade-quer-corruptos-na-cadeia/

Robôs do sexo irão “seduzir as pessoas exatamente como faz uma amante humana”, afirma criador

Written by jpsouza. Posted in Tecnologia

Yahoo Noticias International

16 de novembro de 2016

A maioria de nós imagina que “robôs do sexo” irão oferecer uma experiência fria e puramente física, mas isso não pode estar mais longe da verdade, de acordo com um criador de bonecas infláveis, Matt McMullen.

Ver as imagens

(Foto Rex)

McMullen espera levar os primeiros robôs falantes e inteligentes para fins sexuais ao mercado no ano que vem.

Ele disse ao Daily Star: “Esta será uma experiência nova, que ninguém jamais teve anteriormente.”

“Estamos tentando recriar o sexo além do físico. As pessoas se sentirão atraídas pela inteligência artificial, que será engraçada e terá os mesmos interesses do dono.”

“Assim, os homens vão querer levar o relacionamento para o próximo nível, realmente aproveitando o sexo com o robô.”

McMullen também sugere que pessoas muito tímidas podem aprender novas habilidades com os robôs.

Em uma entrevista com o Daily Star, McMullen disse: “Fazer sexo com o robô ajudará a pessoa a ser um amante melhor”.

“A tecnologia vai mantê-lo na cama por mais tempo, experimentando posições diferentes e mais ousadas.”

Rob Waugh

https://br.noticias.yahoo.com/rob%C3%B4s-do-sexo-ir%C3%A3o-seduzir-as-pessoas-exatamente-134650210.html

Parlamento britânico aprova polêmica lei de vigilância

Written by jpsouza. Posted in Tecnologia

 

Getty Images

Reino Unido decide pela saída da UE: o que acontece agora? O parlamento britânico terá papel-chave nas negociações

O Parlamento do Reino Unido aprovou nesta semana lei que amplia controle sobre comunicações on-line

DAS AGÊNCIAS DE NOTÍCIAS

19/11/2016 10h30

<?XML:NAMESPACE PREFIX = [default] http://www.w3.org/2000/svg NS = “http://www.w3.org/2000/svg” />Compartilhar96

Mais opções

O Parlamento britânico aprovou esta semana uma série de medidas que concedem à polícia e os serviços de inteligência poderes de vigilância que alguns denunciam como os mais extensos de qualquer democracia ocidental.

A Lei de Poderes Investigativos permite, entre outras medidas, aos sites manter o histórico de navegação durante um ano e autoriza o acesso do mesmo pelas agências de segurança para facilitar as investigações.

Edward Snowden, ex-funcionário da Agência de Segurança Nacional (NSA) dos Estados Unidos que revelou a extensão do programa de vigilância americano, afirmou que são poderes “que superam os de muitas autocracias”.

“A Grã-Bretanha acaba de legalizar o sistema de vigilância mais extremo da história da democracia ocidental”, escreveu Snowden no Twitter.

Esta é a principal atualização das leis de vigilância britânicas nos últimos 15 anos e foi aprovada na Câmara dos Lordes. Agora falta apenas a ratificação pela rainha Elizabeth II para entrar em vigor.

A primeira-ministra Theresa May apresentou o projeto de lei em março, quando era ministra do Interior, e o descreveu como uma legislação de “vanguarda mundial”, que responde às mudanças no mundo das comunicações on-line.

http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2016/11/1833718-parlamento-britanico-aprova-polemica-lei-de-vigilancia.shtml

Inteligência artificial do Google começa a ‘sonhar’ para aprender mais rápido

Written by jpsouza. Posted in Tecnologia

 

(Foto: reprodução)

Inteligência artificial do Google começa a ‘sonhar’ para aprender mais rápido

GUSTAVO SUMARES 18/11/2016 16H11 CIÊNCIAGOOGLEINTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

A empresa de inteligência artificial DeepMind, comprada pelo Google em 2014 por US$ 400 milhões, divulgou hoje um método que permite que sistemas “aprendam” sozinhos a realizar tarefas de maneira ainda mais rápida. A DeepMind chamou o sistema de UNREAL (sigla que significa “Unsupervised Reinforcement and Auxiliary Learning”, algo como “aprendizagem não-supervisionada por reforço e auxílio”).

Esse sistema foi utilizado para treinar uma inteligência artificial a jogar 53 jogos de ATARI, bem como navegar por 13 labirintos. Nos jogos de ATARI, a pontuação do computador foi cerca de nove vezes a média dos humanos; nos labirintos, a média foi de 87% a performance dos humanos, com resultados sobrehumanos em alguns deles. O vídeo abaixo mostra o UNREAL em ação:

Tarefas auxiliares

Para conseguir esse desempenho, o UNREAL apresenta duas tarefas auxiliares às inteligências artificiais. Esse processo seria semelhante a você pedir para um aluno prestar atenção a alguns aspectos diferentes da tarefa que ele vai realizar, a fim de facilitar o processo de aprendizagem. Mais detalhes sobre elas foram publicados pela equipe da DeepMind em um artigo científico no Arxiv (pdf).

A primeira tarefa auxiliar envolve controlar os pixels da tela. Em outras palavras, a inteligência artificial avalia como os seus comandos afetam o que aparece na tela. De acordo com a DeepMind, “isso é semelhante à forma como um bebê pode aprender a controlar suas mãos movendo-as e observando o movimento”. Essa tarefa ajuda o sistema a entender se está fazendo a coisa certa com base nas informações que aparecem na tela.

A segunda tarefa auxiliar leva a máquina a tentar prever atitudes corretas com base no histórico recente. Os desenvolvedores escreveram à Bloomberg que trata-se de um processo semelhante a sonhos: “Animais sonham com eventos recompensadores positiva ou negativamente com maior frequência”, disseram. Com base nesses “sonhos”, a máquina consegue entender a melhor maneira de agir para receber as recompensas (uma pontuação alta, por exemplo).

O GIF abaixo mostra como a máquina interpreta essas duas tarefas auxiliares enquanto navega por um labirinto:

Aplicações

Jogar joguinhos de ATARI e percorrer labirintos podem não ser tarefas muito interessantes para se ensinar a um computador. No entanto, o objetivo da DeepMind com esse projeto não é simplesmente criar um sistema capaz de jogar Pong muito bem: a empresa pretende criar uma inteligência artificial capaz de aprender o mais rapidamente possível sem que seja necessário que um agente externo a ensine novas tarefas.

O mesmo sistema UNREAL foi usado para ensinar a máquina a jogar todos os 53 joguinhos de ATARI e todas as fases do labirinto. Isso significa que um único código foi capaz de treinar um sistema de inteligência artificial a realizar tarefas muito diferentes, com mais habilidade e mais rapidamente que humanos aprenderiam.

Embora os cientistas tenham dito à Bloomberg que “ainda é cedo demais para falar em aplicações no mundo real”, se o sistema UNREAL funciona para ensinar as máquinas a jogar ATARI, ele pode também ser usado para ensinar tarefas diferentes. Algumas das aplicações das inteligências artificiais da DeepMind são reduzir enormemente a conta de luz do Google, imitar vozes humanas e estilos musicais, combater cegueira, ajudar no tratamento de câncer e, mais famosamente, vencer o campeão mundial de Go.

Veja também:Você agora pode testar os projetos de inteligência artificial do GoogleGoogle quer que sua inteligência artificial derrube campeões de Starcraft 2Aplicativo usa inteligência artificial para prever quando semáforo estará verdeMicrosoft libera sistema de treinamento de inteligência artificial para todos

http://olhardigital.uol.com.br/noticia/inteligencia-artificial-do-google-comeca-a-sonhar-para-aprender-mais-rapido/64038

A (má) qualidade da farinha brasileira: sem saber, comemos alvejante e ‘melhoradores’

Written by jpsouza. Posted in Saúde

 

por Ailin Aleixo

10 de outubro de 2016

​Compartilhar

Pão é o alimento mais básico, versátil, presente e democrático do planeta.
Portanto, farinha – especialmente a de trigo – é um item essencial à humanidade há milênios.

E do quê é feita a farinha de trigo?
A pergunta parece imbecil – e deveria ser. Mas não é. Atualmente, no Brasil, a farinha de trigo não leva apenas trigo. Podem existir diversos outros itens em sua composição, dispensados da obrigatoriedade de constarem no rótulo. Sendo assim, não fazemos ideia do que consumimos. Não fazemos ideia de que a maioria da nossa farinha leva alvejante – sim, ela não é branca só por conta da moagem – e um punhado de outros componentes que, em tese, melhoram o produto.

O fato é: se estamos ingerindo isso, e de acordo com o governo não existe nenhum problema nestes compostos estranhos ao trigo, porque não sabemos nada sobre eles?

Algumas substâncias encontradas em boa parte das farinhas brasileiras (exceto nas orgânicas e em algumas provenientes de moinhos artesanais espalhadas pelo país) não configuram, por lei, como ingredientes adicionados, mas sim ‘melhoradores’ – e essa a única descrição que vem na embalagem. Esses ‘melhoradores’ tem algumas funções: aumentar o valor nutricional da farinha, melhorar a textura, entre outros. Azodicarbonamida, ortofosfato tricálcico, Fosfato de amônio dibásico, Óxido de Cálcio e Cloridrato de L-cisteína são alguns deles. Querendo saber o uso de cada um dos melhoradores autorizados, clique AQUI.

munich_magic9

Alvejante… fiquei meio chocada em saber que aquele pó branco, no Brasil, pode ganhar essa cor por ser tratado com peróxido de benzoíla. A brancura, que deveria ser fruto do processo de moagem (que tira a casca e a parte externa, mantendo apenas o coração dele) e variedade do grão (alguns são naturalmente menos pigmentados), pode ser artificialmente adquirida através da adição de uma substância também presente em remédios contra acne. Não são todas as empresas que o utilizam, mas como não há obrigatoriedade de descrição no rótulo, o consumidor simplesmente não sabe se há, ou não, este químico (assim como os outros descritos acima).
Nossa farinha de trigo é um coquetel misterioso.

Regras da Anvisa quanto a aditivos na farinha

Regras da Anvisa quanto a aditivos na farinha

Qual a razão para ‘melhorarmos’ um produto que funcionou tão bem por milênios? Além da indústria alimentícia precisar manter o pão/doces/bolos e afins nas prateleiras por longos períodos, para maximizar seu lucro – você já se perguntou a razão daquele pão fatiado do supermercado durar semanas sem endurecer? -, o fato primordial é a má qualidade da nossa farinha.

Ao contrário do que disse no vídeo acima – que traz o processo completo de produção de um dos melhores moinhos italianos, o Caputo -, parte do meu canal do YouTube, o #PorTrasDaKg, o Brasil não é um grande produtor de trigo, mas sim um grande importador. Entre 60% e 70% do que consumimos no país vem da Argentina (com imenso uso do pesticida glifosato, também amplamente usado nas lavouras brasileiras), Paraguai, EUA e Uruguai. Porém, boa parte de nossos moinhos e distribuidores não tem lá o melhor controle de qualidade, nem de padronização da matéria prima, tornando muito complicado para um padeiro ou pizzaiolo artesanal manter a regularidade do seu produto final. A razão disso ser essencial para esses profissionais é que farinha não é só farinha: há diversos tipos – encontrados facilmente na Europa e nos EUA – para diversos fins.

Brownies e l'escargots da Gontran Cherrier

Não dá pra fazer brioche com farinha de bolo ou pão de fermentação longa com farinha que se usa para espaguete. Não, não é frescura: é química.

Como você pode assistir no vídeo acima, cada espécie de trigo – provenientes de duas grandes famílias, Grano Tenero e Grano Durum – tem composição específica, o que resulta em farinhas bem diferentes entre si. A análise dos grãos realizada por moinhos sérios envolvem teor de proteína e amido, potencial de absorção de água e elasticidade e força do glúten (proteína também presente em outros cereais como espelta, cevada, triticale e centeio), entre outros itens. Para saber mais sobre o assunto, clique AQUI.

Na Itália, há as farinhas 0, 00, 1, 2 e integral.
Nos EUA, pastry flour, all-purpose flour, high gluten flour, first clear flour,whole wheat flour.
No Brasil, branca especial, branca, integral.
Essa qualificação se refere a sequência de refino do trigo – quantidade de processamento do grão, da retirada de suas camadas em direção ao centro -, do maior para o menor, o que resulta em produtos distintos em estrutura e uso. Quanto maior a oferta de variedades, mais acertada será sua utilização. E com melhores resultados.

puratos_6

Por tudo isso, tantos padeiros/pizzaiolos/confeiteiros que prezam pela qualidade de seus produtos acabam por importar farinhas italianas (ou francesas, alemãs) de pequenos e médios moinhos, que possuem muito mais controle sobre a origem da matéria prima, seu refino e composição físico-química. Nestes casos, 100% natural e sem aditivos.

Há também outra gama de aditivos legalizados no Brasil que podem ser colocados na hora da panificação – ou já vem misturados a farinha no que se chama de pré mistura, usada amplamente nas padarias – que incluem Hemicelulase, Glucose-oxidase, Amiloglucosidase, L- glutationa, Monoglicerídeos destilados de ácidos graxos vegetais hidratados, entre outros. Suas funções compreendem aumentar tolerância à fermentação e volume, melhorar a extensibilidade da massa em máquinas, emulsificar, dar mais maciez e umidade ao miolo, etc.

Lista de aditivos regulamentados que podem ser colocados no momento da panificação

Lista de aditivos regulamentados que podem ser colocados no momento da panificação

Sabe quando nossa farinha – e tantos outros itens presentes em nossas mesas – vai melhorar?
Quando existir mais transparência da indústria alimentícia, o que só acontece por pressão dos consumidores.
Quando o governo se curvar menos ao lobby das grandes empresas, que adoram manter tudo às escuras, e aprovar leis mais sérias quanto a rotulagem.
Quando tivermos mais informação sobre o que estamos comendo.
E, principalmente, quando passarmos a exigir mais qualidade.

 

Ailin Aleixo

Ailin Aleixo JORNALISTA, CRIADORA DO GASTROLÂNDIA

Adora comer e beber bem – especialmente se for viajando. Ultimamente seu programa favorito é visitar produtores e conhecer o processo, nem sempre bonito, por detrás dos alimentos que consumimos. Fala (e escreve) demais o que pensa, é péssima em fazer média e já se acostumou em não ser das pessoas mais populares. Tem cinco gatos e quatro dentes do siso.

Instagram: ailinaleixo

http://gastrolandia.com.br/capa/a-ma-qualidade-da-farinha-brasileira-sem-saber-comemos-alvejante-e-melhoradores/

BANCO DOS BRICS PLANEJA EMPRESTAR US$ 2,5 BILHÕES EM 2017

Written by jpsouza. Posted in Economia

 

A declaração foi dada pelo vice-presidente do NBD, Zhu Xian; o grupo é composto pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul; esta semana, a comissão de diretores do NBD anunciou a aprovação de empréstimos a dois novos projetos na China e na Índia; um projeto de energia eólica costeira, localizado na baía de Pinghai, da cidade de Putian, Província de Fujian, leste da China, receberá um empréstimo de US$ 280 milhões, de acordo com a agência de notícias Xinhua

26 DE NOVEMBRO DE 2016 ÀS 19:12 // RECEBA O 247 NO TELEGRAM Telegram

Sputnik News – O Banco dos BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) planeja emprestar US$ 2,5 bilhões em 2017. Pelo menos 15 projetos foram aprovados e serão financiados com até US$2,5 bi no ano que vem pelo Novo Banco de Desenvolvimento (NBD) dos BRICS.

A declaração foi dada pelo vice-presidente do NBD, Zhu Xian. O grupo é composto pelo Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Esta semana, a comissão de diretores do NBD anunciou a aprovação de empréstimos a dois novos projetos na China e na Índia. Um projeto de energia eólica costeira, localizado na baía de Pinghai, da cidade de Putian, Província de Fujian, leste da China, receberá um empréstimo de US$ 280 milhões, de acordo com a agência de notícias Xinhua.

Já na Índia, serão US$ 350 milhões para um projeto de estradas em Madhya Pradesh. “Esperamos financiar os projetos que são criativos e podem trazer benefícios às pessoas locais e ao meio ambiente, tais como os dois recentemente aprovados”, disse Zhu. Em 2016, o banco aprovou US$ 1,5 bilhão de empréstimos para sete projetos. O NBD foi inaugurado formalmente em julho do ano passado em Xangai, na China.

http://www.brasil247.com/pt/247/economia/267493/Banco-dos-Brics-planeja-emprestar-US$-25-bilh%C3%B5es-em-2017.htm

8 EM 8 TESTEMUNHAS INOCENTAM LULA

Written by jpsouza. Posted in Justiça

 

247 – Das oito testemunhas ouvidas até o momento sobre Lula na Lava Jato, as oito inocentaram o ex-presidente. Das oito testemunhas ouvidas até agora, todas disseram que jamais conversaram com Lula sobre qualquer atividade fraudulenta em contratos da Petrobras. Também disseram não ter qualquer conhecimento ou prova de que o apartamento do Guarujá guarda alguma relação com Lula ou com as atividades desenvolvidas pela empreiteira na estatal petrolífera.

Embora os procuradores da Operação Lava Jato afirmem ter convicção de que Lula obteve vantagens ilícitas de uma empreiteira por ter facilitado fraudes em contratos da Petrobras, nenhuma das testemunhas convocadas pelos próprios procuradores confirma essa tese. Veja, abaixo, o que disseram cada uma das oito testemunhas a respeito do assunto:

1 – Delcídio do Amaral – ex-senador

O ex-senador Delcidio do Amaral afirmou nunca ter tido qualquer conversa com o ex-presidente a respeito de qualquer procedimento ilícito. Disse também que não tem nenhuma prova de que Lula tenha feito parte de qualquer procedimento fraudulento. Por fim, disse que não teve conversa direta ou tem prova de que o ex-presidente saberia de fraudes que aconteciam na Petrobras.

2 – Augusto Mendonça Neto – empresário

Assim foi perguntado e assim respondeu a testemunha em audiência realizada na última segunda-feira (21):

Advogado – O senhor sabe se algum consórcio pagou alguma vantagem indevida ao ex-presidente Lula?
Augusto Mendonça Neto – Não sei

Advogado – O senhor sabe ou tem provas se ex-presidente Lula tem alguma relação com o apartamento 164-A, no Guarujá?

Augusto Mendonça Neto – Não tenho a menor ideia

3 – Dalton Avancini – executivo

O ex-presidente da Camargo Corrêa tornou-se delator premiado da Lava Jato em junho de 2015, quando assinou um acordo com os procuradores do MPF-PR e confessou a Sérgio Moro que havia pago, no ano de 2006, R$ 8,7 milhões em propina para a campanha de Eduardo Campos (PSB) para o governo de Pernambuco.

Já sobre Lula, em seu depoimento da última segunda-feira, o delator afirmou jamais ter conversado com o ex-presidente sobre qualquer manobra ilícita no âmbito da Petrobras. Também disse não ter nenhuma prova de que Lula tenha recebido algum tipo de benefício financeiro por meio de um apartamento no Guarujá.

4 – Eduardo Leite – executivo

Ex-diretor vice-presidente da Camargo Corrêa foi condenado a 15 anos de cadeia, mas está em casa cumprindo pena graças ao contrato de delação que assinou com Sérgio Moro.

Na audiência da última segunda-feira, assim como seu colega Dalton Avancini, Eduardo Leite afirmou nada ter a dizer em relação a ilícitos ou vantagens recebidas de empreiteiras por parte de Luiz Inácio Lula da Silva

5 – Pedro Correa – político

O ex-deputado federal e ex-presidente do PP Pedro Correa admitiu, em depoimento nesta quarta-feira (23), em Curitiba, que, quando se apresentou ao MPF-PR (Ministério Público Federal no Paraná) para depor contra o ex-presidente Lula, estava agindo dentro do processo de busca de vantagem por meio de uma delação premiada que reduzisse suas penas.

Correa contou ainda que não tem conhecimento de nenhum pedido de vantagem indevida pelo ex-presidente Lula, ou nada relacionado ao apartamento tríplex no Guarujá, cuja “propriedade oculta” o MPF-PR insiste em reputar a Lula.

6 – Pedro Barusco – executivo

Sobre a acusação específica que faz o MPF-PR (Ministério Público Federal no Paraná) ao ex-presidente, de que Lula teria recebido vantagem indevida por meio de um apartamento do Guarujá, o ex-gerente da Petrobras disse não ter nenhuma informação sobre o caso.

Também disse nunca ter tido nenhuma reunião ou contato com o ex-presidente, tendo o visto apenas em eventos públicos. Em acordo de delação fechado com os procuradores curitibanos, Barusco pagou multa R$ 6,5 milhões e devolveu mais de US$ 90 milhões que recebeu no exterior.

7 – Paulo Roberto Costa – executivo

O ex-diretor de Abastecimento da Petrobras disse nunca ter tido nenhuma reunião sozinho com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, muito menos qualquer conversa a respeito de atividades fraudulentas.

“Nunca tive intimidade com o presidente Lula. Nunca tive uma reunião sozinho com o presidente Lula”, afirmou. Paulo Roberto disse ainda que as vezes em que viu Lula foram sempre na companhia do então presidente da empresa, para informações sobre projetos de desenvolvimento dos Estados. E que desconhece qualquer pedido ou recebimento de vantagem indevida pelo ex-presidente Lula.

8 – Nestor Cerveró – executivo

O ex-diretor da Petrobras disse jamais ter tido uma reunião sozinho com Lula ou discutido com o ex-presidente qualquer irregularidade. Disse também que nada sabe a respeito do apartamento 164-A, no Guarujá, cuja propriedade é da construtora OAS.

O ex-diretor também confirmou no depoimento que o ex-senador Delcídio do Amaral teria negociado propina no Governo FHC com as empresas Alstom e GE, e que repassou ao ex-senador Delcídio cerca de 2,5 milhões de dólares de vantagens indevidas, pago algumas vezes atendendo a pedidos do senador Delcídio, que fechou um acordo de delação e é uma das testemunhas da acusação no processo contra Lula.

Acusações estão ruindo, diz defesa

O advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou nesta quinta-feira, 24, que acusações contra o ex-presidente no âmbito da ação penal da operação Lava Jato estão “ruindo”.

Em vídeo, Martins cita o depoimento do ex-diretor Internacional da Petrobras Nestor Cerveró, delator da Lava Jato, que disse nesta quinta-feira não saber de qualquer participação de Lula em irregularidades relacionadas à Petrobras, nem de supostas vantagens indevidas no caso do apartamento triplex. “O depoimento de Cerveró segue a mesma linha das demais testemunhas, que isentaram o ex-presidente Lula da prática de qualquer ato ilícito nessa ação penal que diz respeito ao triplex ou à obtenção de vantagens indevidas”, diz o advogado. 

Além de isentar Lula, em seu depoimento, Nestor Cerveró revelou que sua indicação para o cargo de diretor Internacional foi patrocinada pelo PMDB, e citou o secretário de governo de Michel Temer, Geddel Vieira Lima, como um de seus padrinhos (leia mais).

A defesa de Lula classifica como nova prática de “low fare” a acusação do juiz Sérgio Moro, de que os advogados do ex-presidente estaria tumultuando o processo, ao apontar irregularidades na condução dos trabalhos. “Se, diante desse cenário da fragilização absoluta das teses acusatórias, o que resta a dizer é que a defesa está tumultuando o processo, não há problema nenhum. O fato é que a tese da acusação está ruindo”, afirmou.

Leia a nota do escritório Teixeira, Martins & Advogados sobre o assunto:

“Nota

O juiz da 13a. Vara Federal Criminal de Curitiba passou a utilizar uma nova tática de lawfare no caso do ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e de sua esposa Marisa Letícia, que consiste na tentativa de dificultar a atuação dos seus advogados. O juiz vem qualificando a legitima formulação de questões de ordem como intenção de tumultuar as audiências de instrução. Por diversas vezes, impediu que a defesa pudesse fazer uso da palavra, em aparente esforço para criar clima de hostilidade.

A lei no. 8.906/1994 (Estatuto dos Advogados), em seu art. 7o, inciso X, assegura ao advogado “usar da palavra, pela ordem, em qualquer juízo ou tribunal, mediante intervenção sumária, para esclarecer equívoco ou dúvida em relação aos fatos, documentos ou afirmações que influam no julgamento, bem como replicar acusação ou censura que lhe forem feitas”. É clara a violação a essa disposição legal como registrado em petição protocolada.

Hoje (24/11), foi ouvida a 8a. testemunha arrolada pelo Ministério Público Federal, o delator Nestor Cerveró. Tal como as demais testemunhas da acusação, Cerveró negou ter conhecimento de qualquer envolvimento do ex-Presidente Lula em ilegalidades ou recebimento de vantagens indevidas no âmbito da Petrobras: “Minhas reuniões com o ex-Presidente Lula sempre foram em conjunto com a diretoria. Nunca tive uma conversa privada sobre esse assunto [utilização da diretoria da Petrobras para fazer pagamentos indevidos] com o Presidente”.

Cerveró voltou a desmentir o senador cassado Delcídio do Amaral quanto à acusação de Lula ter tentado interferir no seu processo de delação premiada. Segundo ele, a pressão foi para que ele “não envolvesse o nome do Delcídio”. Ele também negou ter conhecimento de recebimento de qualquer vantagem indevida por meio de um tríplex no Guarujá.

Dessa forma, fica claro, a partir dos depoimentos dos próprios delatores arrolados pelo MPF, o caráter frívolo das acusações formuladas contra o ex-Presidente Lula, característica do lawfare, que é o uso dos procedimentos jurídicos para fins de perseguição política.”

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/267119/8-em-8-testemunhas-inocentam-Lula.htm

JUROS DO CHEQUE ESPECIAL SÃO OS MAIS ALTOS DESDE 1984

Written by jpsouza. Posted in Economia



Kelly Oliveira; repórter da Agência Brasil – A taxa de juros do cheque especial continuou em trajetória de alta em outubro. De acordo com dados do Banco Central (BC) divulgados hoje (24), a taxa do cheque especial subiu 4 pontos percentuais de setembro para outubro e chegou ao novo recorde de 328,9% ao ano. Essa é a maior taxa da série histórica iniciada em julho de 1994.

Neste ano, a taxa do cheque especial já subiu 41,9 pontos percentuais em relação a dezembro de 2015, quando estava em 287% ao ano.

Depois de três mês seguidos em alta, a taxa do rotativo do cartão de crédito caiu 3,9 pontos percentuais e ficou em 475,8% ao ano. O rotativo é o crédito tomado pelo consumidor quando paga menos que o valor integral da fatura do cartão.

Essas duas taxas – do cheque especial e do cartão de crédito – são as mais caras na pesquisa do BC e estão bem distantes dos juros médios do crédito para pessoa física, que ficaram em 73,7% ao ano, em outubro, com alta de 0,5 ponto percentual em relação a setembro.

Crédito a pessoas físicas e jurídicas

A inadimplência do crédito para pessoas físicas, em que são considerados atrasos acima de 90 dias, ficou estável em 6,2%, pelo quinto mês seguido.

A taxa de inadimplência das empresas também foi ajustada em 0,1 ponto percentual para 5,6%. A taxa média de juros cobrada das pessoas jurídicas ficou em 30,4% ao ano, com alta de 0,6 ponto percentual.

Esses dados se referem ao crédito livre, em que os bancos têm autonomia para aplicar o dinheiro captado no mercado e definir as taxas de juros.

No caso do crédito direcionado (empréstimos com regras definidas pelo governo, destinados, basicamente, aos setores habitacional, rural e de infraestrutura), a taxa de juros para as pessoas físicas caiu 0,2 ponto percentual, para 10,2% ao ano. A taxa cobrada das empresas ficou estável em 12% ao ano. A inadimplência das famílias permaneceu em 2% e das empresas subiu 0,5 ponto percentual para 1,8%.

O saldo de todas as operações de crédito concedidas pelos bancos caiu 0,5% de setembro para outubro, quando ficou em R$ 3,095 trilhões. Em 12 meses, o saldo das operações de crédito caiu 2%.

Esse saldo correspondeu a 50,3% de tudo o que o país produz – Produto Interno Bruto (PIB) –, ante o percentual de 50,8% registrado em setembro deste ano.

http://www.brasil247.com/pt/247/seudinheiro/267103/%7FJuros-do-cheque-especial-s%C3%A3o-os-mais-altos-desde-1984.htm

GLOBO PEDE A CABEÇA DE GEDDEL. TEMER VAI OBEDECER?

Written by jpsouza. Posted in Corrupção

 

247 – O jornal O Globo publicou um editorial na manhã desta quinta-feira 24 em que pede a demissão do ministro Geddel Vieira Lima, da Secretaria de Governo, pelo presidente Michel Temer.

O texto diz que Temer “repete o lulopetismo” e “dá seguidas demonstrações de fidelidade a amigos do seu grupo político” ao dizer que o caso de Geddel, acusado de cometer tráfico de influência, mas mesmo assim mantido no cargo, “está superado”.

“Michel volta a encarar o mesmo dilema da crise de Jucá: manter os compromissos com os amigos peemedebistas ou defender um padrão ético minimamente aceitável no poder. Tem de escolher esta última opção. Aproximam-se momentos-chave para os próximos 10 a 15 anos: as reformas do teto dos gastos, da Previdência e outras”, afirma o Globo.

“Para defender o governo no Congresso e perante a sociedade, Temer tem de dispensar Geddel. Dizer que “o caso está superado” nada resolve, desgasta ainda mais o Planalto, além de repetir o lulopetismo”, cobra o jornal dos Marinho.

Mesmes atrás, a mesma Globo pediu a cabeça de Eduardo Cunha, quando não foi atendida, e dos então ministros Romero Jucá e Fabiano Silveira, da Transparência, dos quais viu a demissão. Será que desta vez, com Geddel, Temer vai obedecer?

http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/267041/Globo-pede-a-cabe%C3%A7a-de-Geddel-Temer-vai-obedecer.htm

CAIXA DEVE FECHAR 100 AGÊNCIAS E DEMITIR 11 MIL

Written by jpsouza. Posted in Economia

 

Portal CTBSeguindo o receituário golpista de precarizar para privatizar já sinalizado para o Banco do Brasil, agora é a vez da Caixa Econômica Federal. Declaração do presidente da estatal, Gilberto Occhi, indicam que nos próximos dias será aplicado um plano de “aumento de eficiência para 2017”, ou seja, plano de fechamento de 100 agências e um programa de aposentadoria incentivada que pode demitir cerca de 11 mil funcionários.

Com o discurso de que as agências não dão lucro, a direção nomeada pelo presidente sem voto Michel Temer da Caixa vai desmontar uma estatal que acabou de completar 155 anos para depois privatizar. Eles deixam de lado o papel do banco público, que tem por dever pensar e se mover de forma diferente em relação aos bancos privados, com o objetivo do lucro.

E nunca é demais lembrar que é somente com agências capilarizadas pelo país que é possível fazer chegar benefícios e investimentos sociais, que também impulsionam as economias locais, nos mais longínquos rincões.

E vai ficar pior

Segundo Occhi a proposta irá abrir o capital de duas empresas: a Lotex e a Caixa Seguridade. A Caixa é um banco 100% público, que existe há 155 anos e uma instituição que apoia o desenvolvimento social do país. Com essa medida, intermediada pelo BNDES, vamos perdendo pouco a pouco o patrimônio nacional e abrindo para especulação do mercado mais esse banco público.

Conselhão da privatização

Para a façanha de privatizar tudo que for possível, o loteador Michel Temer criou um conselhão às avessas. As Concessões, privatizações e parcerias público-privadas vão estar sob responsabilidade de um grupo técnico vinculado à Presidência da República, que deverá ser chefiado por Wellington Moreira Franco.

O grupo técnico será responsável por qualquer tipo de privatização ou até mesmo PPPs, mesmo que de outras áreas, como saúde e educação. E terá o objetivo de sinalizar ao mercado a intenção do governo de realizar tudo que for possível para garantir ganhos.

Portal CTB – Com informações das agências

http://www.brasil247.com/pt/247/economia/267069/Caixa-deve-fechar-100-ag%C3%AAncias-e-demitir-11-mil.htm